Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    À CNN, Roberto Carlos fala de amizade com Jô Soares: “Tive o privilégio de estar com ele”

    Dupla se conheceu na época em que o cantor fazia parte da Jovem Guarda, em meados da década de 60

    Roberto Carlos canta em show em São Paulo
    Roberto Carlos canta em show em São Paulo Caio Girardi/ site Roberto Carlos

    Júlia VieiraThayana Nunesda CNN

    em São Paulo

    Ouvir notícia

    O cantor Roberto Carlos lamentou a morte do escritor e humorista Jô Soares, que faleceu em São Paulo, na madrugada desta sexta-feira (5), aos 84 anos. À CNN, o artista falou sobre o início da amizade dos dois.

    “Eu tive o privilégio de conhecer o Jô. Eu o conheci na época da Jovem Guarda e, depois, o privilégio de estar com ele em algum em algumas ocasiões no programa dele”, contou o autor de “Como É Grande o Meu Amor Por Você”.

    Em 2016, Roberto Carlos participou de uma entrevista emblemática no “Programa do Jô”, na qual revelou sofrer com transtorno obsessivo-compulsivo (TOC), assim como o apresentador.

    Na mesma edição, o músico surpreendeu a planteia ao cantar “Amigo”, levando Jô às lágrimas. “Jô Soares. [Era] maravilhoso, né? Um cara incrível, sabe? E carinhoso, amoroso… uma pessoa realmente de muita qualidade, um artista maravilhoso. Enfim, tudo”, enalteceu Roberto Carlos.

    “Cada vez que eu o vi, [percebi] que ele era realmente um cara muito especial”, continuou o cantor, que lamentou a morte do amigo. “Sinto muitíssimo. [Sinto] muito, muito, o que aconteceu com ele. Que o nosso Deus de bondade o proteja e o abençoe. Sempre”, finalizou.

    Ouça o relato de Roberto Carlos:

     

    Mais Recentes da CNN