Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    #CNNPop

    “A Sociedade da Neve” é filme mais visto na Netflix em sua semana de estreia

    Produção lidera o pódio de filmes da plataforma com 22,9 milhões de visualizações no período de 1 a 7 de janeiro

    "A Sociedade da Neve" é filme que retrata história real sobre a luta de um grupo de amigos pela sobrevivência
    "A Sociedade da Neve" é filme que retrata história real sobre a luta de um grupo de amigos pela sobrevivência QUIM VIVES/NETFLIX

    Nicoly Bastosda CNN

    São Paulo

    O filme “A Sociedade da Neve” foi líder entre os filmes mais assistidos da Netflix na última semana e, consequentemente, sua semana de estreia. O longa chegou à plataforma de streaming em 4 de janeiro deste ano.

    Com 22,9 milhões de visualizações, a nova produção da Netflix ocupou o primeiro lugar nas mais vistas entre o período de 1 a 7 de janeiro, liderando também, as visualizações dos títulos não ingleses da plataforma. “O Protetor: Capítulo Final” foi o filme que levou o título de obra na língua inglesa mais assistida, com o número de 14,8 milhões.

    Em relação às séries que estão no topo, “Fool Me Once”, título na língua inglesa, levou a primeira posição no pódio, com 37,1 milhões de visualizações. Já o primeiro lugar em séries não inglesas, ficou por conta de “Berlim”, assistida 22,3 milhões de vezes.

    “A Sociedade da Neve” retrata a história real da luta por sobrevivência de um grupo de amigos após a queda do avião no qual estavam em uma parte remota e de difícil acesso dos Andes em 1972.

    A história é conhecida e já foi contada mais de uma vez, mas o longa dirigido por J.A. Bayona é inspirado no livro homonômino de 2008 de Pablo Vierci, amigo de infância dos jovens que estavam no voo 571 da Força Aérea Uruguaia, que voava de Montevidéu, no Uruguai, com destino a Santiago, no Chile.

    O avião levava o time de rugby amador uruguaio Old Christians, do colégio Stella Maris, para uma competição no Chile, além de amigos e familiares do grupo. Haviam 45 ocupantes na aeronave, uma parte morreu logo após a queda, mas os 29 que restaram se uniram na luta por sobrevivência no frio extremo.

    Com informações de Fernanda Pinotti, da CNN.