Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    #CNNPop

    Christopher Nolan revela seus dois filmes preferidos dos últimos anos

    Diretor de megaproduções como "Oppenheimer", "Interestelar" e trilogia "Batman" escolheu duas produções independentes

    Christopher Nolan no Festival de Cannes
    Christopher Nolan no Festival de Cannes 13/5/2018 REUTERS/Stephane Mahe

    Marina Toledoda CNN

    em São Paulo

    Christopher Nolan revelou em entrevista à revista “Time” seus dois filmes preferidos dos últimos anos: “Aftersun” (2022) e “Vidas Passadas” (2023).

    Segundo ele, a produção protagonizada por Paul Mescal e Frankie Corio é “simplesmente um filme lindo” enquanto o título que concorre ao Oscar neste ano, inclusive contra “Oppenheimer”, é “sutil de uma forma bonita”.

    “Aftersun” acompanha Calum e Sophie, pai e filha, durante uma viagem de férias na Turquia. A jovem de 11 anos tenta aproveitar o máximo de tempo com seu pai antes de retornar à escola. Seu pai é receptivo, se esforça para criar uma conexão com a filha, mas, aos poucos, percebe-se a falta de conexão que ele tem com si próprio.

    Em “Vidas Passadas”, a história de Na Young e Hae Sung é contado. Eles se conheceram na infância na Coreia do Sul e perderam o contato após Na Young, que se torna Nora, se mudar para o Canadá com a família.

    Doze anos depois, eles se encontram nas redes sociais e voltam a se falar. Em momentos de vida diferentes, eles decidem seguir caminhos separados. Novamente 12 anos se passam e Hae Sung decide ir a Nova York, onde Nora vive com o marido.

    Nolan, que é responsável por megaproduções como Oppenheimer, “Interestelar” e trilogia Batman, citou dois filmes independentes, que partem de realidades completamente diferentes das suas produções.

    Sinto-me atraído por trabalhar em grande escala porque sei quão frágil é a oportunidade de mobilizar esses recursos. Eu sei que existem tantos cineastas no mundo que dariam tudo para ter os recursos que reuni, e sinto que tenho a responsabilidade de usá-los da maneira mais produtiva e interessante”, disse. 

    Veja também: os principais lançamentos de 2024 nos cinemas