Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Carreira musical, casamentos e perda do filho: curiosidades sobre Lisa Marie Presley

    Única filha de Priscilla e do Rei do Rock morreu depois de sofrer uma parada cardíaca e ser hospitalizada

    Lisa Marie Presley, filha de Priscilla e Elvis Presley
    Lisa Marie Presley, filha de Priscilla e Elvis Presley Reprodução/Instagram

    Dan Hechingda CNN

    A cantora Lisa Marie Presley, filha da lenda da música Elvis Presley, morreu na quinta-feira (12), aos 54 anos, depois de ser levada às pressas para um hospital na área de Los Angeles, informou a mãe.

    “É com o coração pesado que devo compartilhar a notícia devastadora que minha linda filha Lisa Marie nos deixou”, disse Priscilla Presley em um comunicado.

    Lisa Marie Presley esteve, na terça-feira (10), no Globo de Ouro, ao qual ela compareceu com sua mãe para apoiar o filme “Elvis”, de Baz Luhrmann, sobre seu falecido pai.

    Saiba mais sobre Lisa Marie Presley

    Nascida no auge da fama de Elvis em 1968, Lisa Marie Presley cresceu sob os holofotes como única filha do cantor.

    Elvis e Priscilla Presley se separaram em 1972 quando tinha 4 anos, e ela tinha apenas 9 anos quando seu pai morreu, em 1977.

    O interesse público em sua vida – de seus casamentos a suas tragédias privadas – nunca diminuiu até que, assim como seu pai, ela foi levada cedo demais.

    Infância

    Lisa Marie Presley era vista como a princesa do homem celebrado como “O Rei do Rock”. 

    Ainda jovem, ela passou por momentos de rebeldia e a experimentou drogas,o que levou sua mãe a mandá-la para uma série de escolas particulares, incluindo um internato em Ojai.

    Em 2003, Lisa disse ao Los Angeles Times que, quando criança, ela “era meio solitária, uma criança melancólica e estranha”.

    “Eu tive um verdadeiro modo autodestrutivo por um tempo”, disse ela à publicação. “Eu nunca me encaixei na escola. Eu realmente não tinha nenhuma direção”. 

    Carreira musical

    Assim como o pai, Lisa fez carreira na música e em 2003 lançou o álbum de estreia, “To Whom It May Concern”, que alcançou o 5º lugar na parada de álbuns da Billboard 200 e recebeu o certificado ouro naquele verão.

    Ela escreveu quase todas as letras do álbum e co-escreveu todas as melodias.

    Na época, a herdeira disse a Larry King que ela tinha que “parar” os sentimentos de pressão e comparação com seu lendário pai cantor.

    “Se eu estivesse pensando sobre isso, me preocupando com isso, o que eu meio que tenho há muito tempo, eu nunca teria feito o que era inato em meu coração, em minha alma”, disse.

    “Então eu tive que parar de me preocupar com isso, era muito intimidador de outra forma”.

    Na mesma época, Lisa Marie Presley refletiu se seu nome famoso era um obstáculo ou uma ajuda, mas disse que “nunca retiraria qualquer parte de quem eu sou ou de onde vim”.

    “Eu nunca gostaria de fazer parte de qualquer outra coisa (…) Me sinto honrada e orgulhosa da minha família e do meu pai”.

    Ela lançou mais dois discos: Now What”, em 2005 e “Storm & Grace”, em 2012.

    Vida amorosa

    Presley foi casada quatro vezes.

    Em 1988, Ela se casou com o músico Danny Keough em 1988, com quem teve uma filha, Riley Keough, e o filho Benjamin Storm Keough.

    O casal se divorciou em maio de 1994 e, cerca de três semanas depois, Lisa se casou com Michael Jackson em uma cerimônia que ganhou as manchetes em todo o mundo.

    Ela comentou sobre Jackson em uma entrevista de 2003 para a ABC News e Diane Sawyer: “Quando ele quer te prender, intrigar ou capturar , ou você sabe, o que quer que ele queira fazer com você, ele pode fazer isso”.

    Ela acrescentou que “caiu nessa, ‘pobre, doce e incompreendido homem, vou salvá-lo’… me apaixonei por ele”.

    O casamento deles terminou em janeiro de 1996.

    Dois anos depois, ela se casou com o ator Nicolas Cage após conhecê-lo em uma festa, mas só ficou casada com ele por três meses, de agosto a novembro de 2002. O divórcio foi finalizado em 2004.

    Seu quarto casamento ocorreu em 2006, com seu guitarrista, produtor musical e diretor Michael Lockwood. A dupla deu as boas-vindas às gêmeas Finley Aaron Love Lockwood e Harper Vivienne Ann Lockwood, em 2007.

    Eles se divorciaram em 2016.

    Perda do filho

    Em 2020, o filho de Lisa Marie Presley, Benjamin Keough, morreu por suicídio aos 27 anos

    Em julho passado, ela registrou o segundo aniversário da morte de Keough no Instagram, compartilhando uma foto da tatuagem que fizeram em conjunto. 

    Em setembro, Presley escreveu um ensaio para o Dia Nacional de Conscientização do Luto, no qual ela se abriu sobre a perda de seu filho.

    “A vida de minhas três filhas como a conhecíamos foi completamente detonada e destruída por sua morte. Vivemos isso todos os dias”, escreveu ela.

    “O luto é algo que você terá que carregar pelo resto da vida, apesar do que certas pessoas ou nossa cultura querem que acreditemos. Você não ‘supera isso’, você não ‘segue em frente’, ponto final”, disse.

    Sua último publicação nas redes sociais foi sobre esse texto.

    “Que ela esteja em paz”

    Homenagens a Lisa Marie Presley chegaram à medida que a notícia de sua morte se espalhou.

    “Esta é uma notícia devastadora. Lisa tem a melhor risada de todas as pessoas que já conheci. Ela iluminou todos os cômodos e estou com o coração partido”, disse Nicolas Cage. “Eu encontro algum consolo ao acreditar que ela está reunida com seu filho Benjamin”.

     O ator John Travolta escreveu que sentiria falta de sua amiga “mas sei que te verei novamente”. “Meu amor e coração estão com Riley, Priscilla, Harper e Finley”, escreveu ele no Instagram.

    A atriz Leah Remini disse que estava “com o coração partido com a morte de Lisa Marie Presley”, acrescentando que “Lisa não teve uma vida fácil, como alguns podem pensar”.

    “Que ela esteja em paz, descansando com seu filho e pai agora”, escreveu ela no Twitter.

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original