Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    #CNNPop

    Entenda como Rihanna estava segura mesmo “flutuando” no ar durante Super Bowl

    Bruce Rodgers, o designer de produção do show do intervalo, garantiu à equipe de Rihanna que os cabos eram “fortes o suficiente para carregar um trem de carga”

    Kevin Sabitus/Getty Images

    Lisa Respers Franceda CNN

    Os sete palcos flutuantes durante o show de Rihanna no intervalo do Super Bowl eram teatrais e legais, mas também tinham um propósito muito prático. E tem tudo a ver com a grama do campo.

    Bruce Rodgers, o designer de produção do show do intervalo, falou com a revista americana Wired sobre como ajudou a criar o show antes da apresentação.

    Rodgers explicou os palcos iluminados por LED que se levantam acima do campo com Rihanna e seus dançarinos, “nunca havia sido feito antes”.

    “Com Katy Perry, nós a levantamos em um dispositivo voador, como um foguete”, disse ele. “Mas este é um animal totalmente diferente.”

    Rodgers disse que criou o conceito e trabalhou com a equipe de Rihanna, que incluía o designer Willo Perron, o coreógrafo Parris Goebel e o gerente de produção Joseph Lloyd, para implementá-lo.

    Com a cantora e os dançarinos no ar, deixa de haver estresse para o gramado no campo do State Farm Stadium em Glendale, Arizona, que tem nove quilômetros quadrados de grama híbrida Bermudas Tifway 419.

    A grama é muito importante para a National Football League (NFL), pois pode afetar a forma como os jogadores são capazes de atuar em campo.

    E embora possa ter parecido arriscado para Rihanna, que estreou sua nova barriguinha de grávida durante a apresentação, ser suspensa em um palco de 4 a 18 metros do chão, de acordo com o relatório, os palcos tinham “enormes treliças Brunel”, que Rodgers garantiu para a equipe de Rihanna que são “fortes o suficiente para carregar um trem de carga”.

    “Este será, na minha opinião, o show do intervalo do Super Bowl mais avançado tecnicamente já feito, por causa da quantidade de tecnologia usada para mover as plataformas”, disse Aaron Siebert, líder do projeto da Tait Towers, que fez as plataformas antes do show.

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original