Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    #CNNPop

    Kim Kardashian considera largar fama para se dedicar à carreira de advogada

    Empresária revelou em entrevista na última terça-feira (25) que ficaria feliz em seguir carreira na área jurídica, longe dos holofotes

    Brenda Mendescolaboração para a CNN

    Em São Paulo

    Uma das celebridades mais populares da década, Kim Kardashian, que ficou mundialmente famosa devido ao reality show “Keeping Up With The Kardashians”, revelou que ficaria feliz em viver uma vida longe dos holofotes, se dedicando apenas ao direito.

    Em entrevista a “TIME100 Summit” na última terça-feira (25), ela abriu o coração sobre seu novo caminho profissional como advogada: “Eu ficaria muito feliz em ser advogada em tempo integral. A jornada realmente abriu muito meus olhos. É impressionante porque há muito a ser feito”, disse ela.

    “Eu levei minha irmã Khloé a uma prisão pela primeira vez na semana passada, e isso foi bem revelador para ela”, contou Kim.

    Ainda na conversa, ela falou sobre uma brincadeira com Kris Jenner, responsável pela construção do império da família Kardashian.

    “Sempre brinco com minha mãe, que é minha empresária. Digo que Kim Kardashian está se aposentando e que vou ser apenas uma advogada”, completou ela.

    A socialite se aproximou do tema quando conheceu a história de Alice Marie Johnson, uma mulher que foi presa em 1996 por associação ao tráfico de drogas e sentenciada a prisão perpétua.

    Na cadeia, Johnson, que era ré primária sempre apresentou um comportamento exemplar e cumpria os requisitos para ser beneficiada por um projeto de clemência criado pelo ex-presidente dos Estados Unidos Barack Obama, porém seu pedido foi recusado.

    Kim Kardashian se engajou ativamente na causa e encontrou o também ex-presidente Donald Trump em 2019 para pedir clemência por Johnson, que foi perdoada e solta aos 63 anos de idade.

    Em 2021, ela deu seu primeiro passo na advocacia, sendo aprovada em um exame de direito na Califórnia, após falhar em três tentativas.

    “Para quem não conhece o meu caminho na faculdade de direito, saibam que não foi fácil e nem veio de graça”, explicou. “Eu fui reprovada nesse exame três vezes em dois anos, mas cada vez me fortaleci, estudei mais e tentei de novo, até conseguir”, disse ela na ocasião.

    Recentemente, Kim anunciou que fará parte da 12ª temporada da série “American Horror Story“. A empresária ganhará um papel escrito especialmente para ela e irá contracenar com Emma Roberts. No Instagram, ela compartilhou a novidade com seus fãs no dia 10 de abril.