Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    #CNNPop

    Onda de calor: é saudável usar ventilador e ar-condicionado para dormir?

    Especialista expõe riscos e dá dicas de como usar os equipamentos de forma racional; confira

    Dormir com ventilador ligado
    Dormir com ventilador ligado Pexels

    Bárbara Carvalhocolaboração para a CNN

    São Paulo

    Em meio à onda de calor que atingiu diversos estados brasileiros nos últimos dias, muitos cidadãos se viram obrigados a utilizar ventiladores ou ar-condicionado para enfrentar as noites quentes de sono.

    Muitos acreditam, no entanto, que não se pode usar tais equipamentos para dormir, uma vez que podem causar mal ou mesmo causar doenças.

    Para saber se tais hipóteses são verdadeiras, procuramos o médico pneumologista, dr. Paulo Roberto Gomes, de Presidente Prudente, em São Paulo, que falou quando o uso é recomendado e quando não é.

    Aquecido, filtrado e um umidificado

    Segundo o especialista, a utilização de ventilador ou ar-condicionado deve ser restrita, uma vez que o ar que nós respiramos deve ser aquecido, filtrado e umidificado.

    “O ar condicionado produz exatamente o contrário: ressecamento do ar ambiente, resfriamento e, muito vezes, só renova até 10% do ar. Portanto, um ar sujo por falta de chuvas, podendo fazer mal às vias respiratórias”, explica.

    Por falar em sujeira, o pneumologista informa que os ventiladores podem contribuir para espalhar o pó e a poeira presentes no ar ambiente no qual respiramos. Ou seja, ambos podem ser prejudiciais à saúde.

    Pode dormir com eles ligados?

    Ao dormir com os aparelhos ligados, há o risco de haver o resfriamento das vias respiratórias, podendo provocar dois tipos de problemas:

    • Inflamatórios

    Em indivíduos alérgicos, asmáticos, bronquíticos, efisematosos e portadores de rinite, com quadros de crises de broncoespasmos, ou seja, tosse, chiado no peito, falta de ar, cansaço e problemas de expectoração.

    • Infecciosos – virais ou bacterianas

    Neste caso, há o risco de gripes, resfriados, laringites, amigdalites, infecções de ouvido (Otite), bronquites e até pneumonia.

    O especialista afirma que o ideal é fazer uso de forma racional dos equipamentos, e alerta para o risco de utilização de umidificadores e ar condicionado de forma simultânea.

    “Não devemos ligar o ar na presença de umidificadores, pois o ar pode se tornar muito gelado e, com alta umidade, pode produzir uma serração dentro do ambiente, podendo causar mais malefícios às vias respiratórias do que benefícios”, finaliza.

    Como usar de maneira correta?

    De acordo com o pneumologista, há formas de se utilizar os equipamentos sem ser impactado por seus efeitos negativos, ou mesmo minimizando riscos.

    • Utilizar o ar condicionado com temperaturas entre 23ºC e 25ºC
    • Manter o espaço minimamente aberto, visando obter a troca de ar entre ambientes distintos
    • Manter o ar umidificado para evitar o ressecamento das vias aéreas
    • Utilizar umidificadores até quatro horas antes de deitar, para só então acionar o ar condicionado
    • Higienizar constantemente ventiladores e ar condicionado para evitar riscos de infecções e alergias