Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Sandra Bullock espalha cinzas de parceiro falecido em rio americano

    Namorado da atriz faleceu em agosto de 2023 após lutar contra a Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA) por três anos

    Sandra Bullock e Bryan Randall namoraram por oito anos
    Sandra Bullock e Bryan Randall namoraram por oito anos Jackson Lee/GC Images

    Bang Showbiz

    Sandra Bullock prestou sua última homenagem ao seu falecido namorado, Bryan Randall, espalhando suas cinzas no rio Snake.

    A atriz, de 59 anos, enfrentou a dor de perder seu parceiro de longa data, que morreu aos 57 anos, em agosto de 2023, após uma batalha de três anos contra a esclerose lateral amiotrófica (ELA).

    Cinco meses após o falecimento do namorado, a estrela honrou seu último pedido e lançou seus restos mortais no rio Snake, em Wyoming, no último sábado (30), data em que o fotógrafo completaria 58 anos.

    A irmã de Sandra, Gesine Bullock-Prado, compartilhou um vídeo do último adeus da estrela a Bryan.

    “Feliz aniversário, Bry. Sandy trouxe você para o rio, exatamente como ela prometeu”, escreveu Gesine em sua conta no Instagram.

    Embora Sandra não tenha se pronunciado publicamente sobre a morte de Bryan, uma fonte relatou recentemente que a atriz estava “imensamente grata” pelas manifestações de apoio e pelas generosas doações do público a instituições dedicadas à esclerose lateral amiotrófica, que surgiram após o falecimento do namorado.

    “Foi muito importante para ela que, quando ela e sua família fizeram a declaração inicial sobre a morte de Bryan, aqueles que estavam nesta jornada desde o início foram reconhecidos”.

    Na ocasião, o informante acrescentou que Sandra estava feliz, pois “de uma situação tão dolorosa, surgiu algo positivo para os outros”.

    A família de Bryan anunciou morte do fotógrafo por meio de um comunicado.

    “É com imensa tristeza que compartilhamos que em 5 de agosto, Bryan Randall faleceu pacificamente após uma batalha de três anos contra a ELA. Bryan decidiu, desde cedo, manter sua jornada com a ELA privada, e aqueles que cuidaram dele fizeram o possível para honrar seu pedido”.

    “Somos imensamente gratos aos incansáveis médicos que navegaram conosco pelo panorama desta doença e aos enfermeiros surpreendentes que se tornaram nossos colegas de quarto, muitas vezes sacrificando as suas próprias famílias para estarem com a nossa”.

    Este conteúdo foi criado originalmente em Bang ShowBiz.

    versão original