Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    #CNNPop

    Steven Tyler é novamente processado por crime sexual envolvendo menor

    Vocalista do Aerosmith está sendo processado por mulher que alega ter sido agredida pelo cantor em 1975

    Cantor é acusado de ter cometido assédio sexual em 1975
    Cantor é acusado de ter cometido assédio sexual em 1975 Divulgação

    Mariana Valbãocolaboração para a CNN

    O vocalista da banda Aerosmith, Steven Tyler, de 75 anos, está sendo processado por uma mulher que o acusa de assédio sexual. De acordo com o site TMZ, Jeanne Bellino afirma que o crime teria ocorrido em 1975, quando ela tinha 17 anos, em uma cabine telefônica e no quarto de hotel, onde o cantor estava hospedado.

    Segundo a modelo, que na ocasião era menor de idade e estava acompanhada do artista e um grupo de pessoas, Tyler a teria beijado a força, além de apalpar seu corpo depois de ficar irritado por ela comentar sobre a letra de uma música. Ao prender a jovem na parede da cabine, ele começou a “transar com ela fingindo fazer sexo”. No processo de acusação, Jeanne Bellino, hoje com 66 anos, afirmou que o cantor estava vestido, mas que percebeu sua excitação.

    Após o ocorrido, na Sexta Avenida, em Nova York, nos Estados Unidos, a modelo continuou com o grupo que estava até o hotel para esperar um amigo. No quarto, o cantor teria voltado a assediá-la. Jeanne Bellino então, fugiu do hotel e pegou um táxi até sua casa, relatando o ocorrido para sua irmã. A mulher afirmou ainda que devido a “lesões físicas de longo prazo”, ela usa medicação até hoje.

    O processo pode levar a um caso criminal, já que de acordo com a legislação estadual de Nova York, não há prazo de prescrição para alguns crimes de agressão sexual. Steven Tyler ainda não respondeu sobre a acusação.

    À revista People, o advogado de Jeanne Bellino, Jeff Anderson, afirmou: “Por mais horrível que seja, este processo também é poderoso. Ela quer que outras mulheres e meninas latino-americanas saibam que podem se levantar e erguer suas vozes”.

    Tyler já responde processo

    O líder da banda Aerosmith foi acusado em dezembro de 2022 de ter abusado sexualmente de outra menor de idade, além de forçá-la a fazer um aborto. Embora o nome do vocalista não seja citado, Julia Holcomb afirma que iniciou um relacionamento com o artista em 1973, quanto ela tinha apenas 16 anos.

    Ao longo dos três anos em que esteve com Tyler, Holcomb alega ter sido enchida de álcool e drogas. A mulher conta que chegou a engravidar e foi obrigada pelo roqueiro a fazer um aborto. Na época, o cantor teria convencido a mãe de Holcomb a conceder sua tutela.

    De fato, o roqueiro descreve o relacionamento em sua autobiografia, O barulho na minha cabeça te incomoda? como a vez em que “quase se casou com uma noiva adolescente”. Tyler negou as acusações, afirmando que a relação teve consentimento.