Taylor Swift e Obama lideram tributos de indicados ao Hall da Fama do Rock

Cerimônia de 2021 homenageou artistas como Carole King, JAY-Z, Foo Fighters, Tina Turner e The Go-Gos

Taylor Swift fez serenata para Carole King em cerimônia do Hall da Fama do Rock
Taylor Swift fez serenata para Carole King em cerimônia do Hall da Fama do Rock Getty Images for the Rock & Roll Hall of Fame

Alicia Powellda Reuters

Ouvir notícia

Taylor Swift fez uma serenata para Carole King, o ex-presidente dos EUA Barack Obama elogiou o rapper JAY-Z e Paul McCartney prestou homenagem ao Foo Fighters no sábado (30) em uma cerimônia do Hall da Fama do Rock que também homenageou Tina Turner e The Go-Gos.

Obama, falando por videoconferência, chamou JAY-Z – vencedor de 23 prêmios Grammy – de “a personificação do sonho americano” por sua ascensão de um bairro pobre de Nova York a um bilionário compositor, executivo de gravadora e empresário.

JAY-Z, de 51 anos, parecia impressionado com as homenagens, que incluíram uma do comediante Dave Chappelle.

“Isso é muito. Tentando me fazer chorar na frente de todos esses brancos!”, brincou. “Ao crescermos, não pensávamos que poderíamos ser incluídos no Hall da Fama do Rock. Nos disseram que o hip-hop era uma moda passageira.”

Taylor Swift abriu o show com uma versão pop de “Will You Love Me Tomorrow”, enquanto Jennifer Hudson cantou “A Natural Woman” em homenagem à cantora e compositora Carole King, de 79 anos, que fez o público cantar junto em seu hit “You’ve Got a Friend”.

“Não consigo me lembrar de uma época em que não conhecesse a música de Carole King”, disse Swift, chamando o álbum “Tapestry”, de 1971, de “um momento divisor de águas para os humanos no mundo com sentimentos”.

A cerimônia em Cleveland, Ohio, foi repleta de celebridades da música, incluindo Dr. Dre, Eminem, Jennifer Lopez, Lionel Richie e Keith Urban.

Christina Aguilera liderou um medley dos maiores sucessos de Tina Turner.

A cantora de “Simply the Best”, que agora vive tranquilamente na Suíça, não pôde comparecer à cerimônia de sábado, mas enviou seus agradecimentos por vídeo.

“Se ainda estão me dando prêmios aos 81 anos, devo estar fazendo algo certo”, disse Turner.

Ela recebeu a homenagem pela primeira vez em 1991 com seu ex-marido Ike Turner, mas no sábado (30) foi celebrada por sua carreira solo ainda maior nas décadas de 1980 e 1990.

Carole King e Dave Grohl também foram homenageados por duas vezes. Ela já havia sido empossada com seu parceiro de composição Gerry Goffin; já Grohl, vocalista do Foo Fighters, era membro da banda grunge Nirvana, que entrou no Hall da Fama do Rock em 2014.

Paul McCartney disse que ele e Grohl eram “um tipo comum de idiotas” que, de alguma forma, caíram no rock and roll.

A banda feminina de rock dos anos 80 The Go-Gos, o rapper LL Cool J, os pioneiros eletrônicos alemães Kraftwerk e o falecido Billy Preston também foram incluídos no Hall da Fama.

O multi-instrumentista norte-americano Todd Rundgren, de 73 anos, não apareceu em sua cerimônia de entrada no Hall da Fama do Rock. Rundgren disse que não iria porque não considerava a música um concurso.

As homenagens reconhecem artistas que passaram mais de 25 anos na indústria da música. Eles são selecionados com base em cédulas enviadas pelo Hall da Fama do Rock a mais de 1.200 artistas, historiadores e membros da indústria musical. Membros do público também podem votar.

A cerimônia de 2021 será transmitida no canal a cabo HBO em 20 de novembro.

Mais Recentes da CNN