Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    #CNNPop

    Em 2021, Tina Turner vendeu seus direitos musicais por mais de R$ 274 milhões

    Cantora fechou acordo milionário com empresa alemã

    Da CNN

    em São Paulo

    A cantora Tina Turner vendeu os direitos musicais para a BMG, uma empresa alemã de gerenciamento musical. O valor da venda foi US$ 50 milhões, o que equivale a mais de R$ 274 milhões. Tina morreu nesta quarta-feira (24), aos 83 anos.

     

    A cifra não é oficial, mas fontes da indústria da música confirmam a informação. Aos 81 anos, a artista somava 10 álbuns de estúdio, dois ao vivo, duas trilhas sonoras e cinco compilações.

    A BMG garante que vai proteger, o que ela mesmo definiu, como um legado inspirador.

    Assim com Turner, Neil Young e Bob Dylan fizeram acordos similares. Segundo a BBC, o primeiro negociou apenas metade dos seus direitos musicais com uma empresa de investimentos por US$ 150 milhões.

    Já as negociações do segundo com a Universal Music foram de cerca de US$ 400 milhões. Assim como os dois, a cantora mantém o vínculo com a gravadora, que é a Warner Music.