Blatter e Platini são indiciados na Suíça por pagamento ilegal e má gestão criminosa

Ex-presidente da Fifa e da Uefa, respectivamente, acertaram ilegalmente um pagamento de 2 milhões de francos suíços

Joseph Blatter, ex-presidente da Fifa, apropriação indébita, má gestão criminosa e falsificação de um documento
Joseph Blatter, ex-presidente da Fifa, apropriação indébita, má gestão criminosa e falsificação de um documento Foto: Reuters

da Reuters

Ouvir notícia

O ex-presidente da Fifa Joseph Blatter e o ex-presidente da Uefa Michel Platini foram indiciados, nesta terça-feira (2), por terem acertado ilegalmente um pagamento de 2 milhões de francos suíços (R$ 12,4 milhões), segundo informou o Gabinete do Procurador-Geral (OAG) da Suíça.

“A OAG acusa Joseph Blatter de fraude, na alternativa de apropriação indébita, na alternativa adicional de má gestão criminosa, bem como de falsificação de um documento”, disse o Gabinete.

“Michel Platini é acusado de fraude, na alternativa de participar de apropriação indébita, para ainda na alternativa de participar em má gestão criminosa, como cúmplice, bem como de falsificação de documento”.

 

Mais Recentes da CNN