Com gols de Hulk, Atlético-MG vence Inter na estreia no Brasileirão

Atacante marcou um gol em cada tempo, colaborando para o triunfo no estádio do Mineirão

Hulk jogador do Atlético-MG, durante partida contra o Internacional, no estádio Mineirão, pelo Campeonato Brasileiro
Hulk jogador do Atlético-MG, durante partida contra o Internacional, no estádio Mineirão, pelo Campeonato Brasileiro FERNANDO MORENO/AGIF - AGÊNCIA DE FOTOGRAFIA/ESTADÃO CONTEÚDO

Leandro Silveiracolaboração para a CNN

Ouvir notícia

Atual campeão nacional, o Atlético-MG começou a defesa do seu título com situações que foram rotineiras na campanha em 2021: vitória e gols de Hulk. Neste domingo (9), pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro, a equipe derrotou o Internacional por 2 a 0.

Logo nos minutos iniciais, o atacante fez o gol que abriu o placar do duelo, disputado no estádio do Mineirão. O segundo gol saiu já nos acréscimos da etapa final.

No ano passado, Hulk marcou 19 gols no Brasileirão, sendo o artilheiro do torneio e conduzindo a sua equipe à conquista após 50 anos. E deu uma nova demonstração de que pode repetir o desempenho logo no começo da competição. Além disso, já foi o goleador do Campeonato Mineiro, também vencido pelo clube, nesta temporada. Agora soma 13 gols em 11 jogos disputados em 2022.

O jogo deste domingo também foi especial para o atacante Eduardo Sasha, uma das novidades da escalação do Atlético. Afinal, além de ter reencontrado o time pelo qual iniciou a sua carreira, atuou pela centésima vez com a camisa da equipe alvinegra, que o contratou em 2020. Mas teve atuação discreta, inclusive sendo substituído durante o segundo tempo. Outra atração foi a dupla de zaga composta por Nathan Silva e Alonso. Titulares na conquista em 2021, eles atuaram juntos pela primeira vez depois do retorno do paraguaio ao Krasnodar, da Rússia. E contribuíram para o time não ser vazado.

Como foi o jogo

Assim como acontece desde o começo da temporada, Antonio Mohamed voltou a rodar o elenco do Atlético-MG no seu primeiro compromisso no Brasileirão. Assim, em relação à estreia na Copa Libertadores da América, na vitória por 2 a 0 sobre o Once Caldas, promoveu as entradas de Guga, Nathan Silva, Otávio, Keno, Eduardo Sasha e Ademir. Já o Inter manteve a base que começou a participação na Copa Sul-Americana no meio de semana, com a grande novidade neste domingo sendo o atacante uruguaio Carlos de Peña, contratado junto ao Dínamo de Kiev e titular pela primeira vez. Mas ele teve atuação apagada no setor ofensivo, ainda dando condições para Hulk marcar o primeiro gol do duelo.

Com a escalação de quatro atacantes, o Atlético foi dominante no primeiro tempo no Mineirão, confundindo a marcação do Inter. Depois de ter chances com Sasha, aos 3, em cabeceio, e Ademir, aos 8, em tentativa de encobrir o goleiro Daniel, abriu o placar aos 9 minutos. Após bate-rebate, Alonso desviou de cabeça, Hulk dominou, deu um corte em Daniel e finalizou para as redes.

A facilidade com que abriu o placar até levou o Atlético a diminuir o ritmo avassalador. Mas seguiu com o jogo sob controle, tanto que o Inter só foi finalizar pela primeira vez aos 34 minutos. E com perigo, em chute cruzado de Carlos de Peña, defendido por Everson.

Embora em desvantagem, o Inter optou no intervalo por primeiro tornar o seu sistema defensivo seguro na volta para o segundo tempo, com a entrada de mais um defensor, o argentino Mercado. A partir disso, se tornou um time mais seguro, com maior presença no campo de ataque, o que também provocou uma reação atleticana: Antonio Mohamed reforçou o meio-campo ao tirar Zaracho do banco de reservas, substituindo Sasha. Depois, ainda apostou em Jair e Savarino.

Foi suficiente para o time controlar o Inter e, aos poucos, voltar ao campo de ataque, quase marcando aos 27, com Savarino, que foi lançado por Alan, mas finalizou em cima de Daniel. Mas quem esteve mais perto de marcar acabou sendo o time gaúcho, aos 31, quando Edenílson acertou a trave em disparo após Taison puxar contra-ataque. Poderia ter custado caro ao Galo, que mais buscava administrar a vantagem na etapa final do que atacar.

Mas, nos acréscimos, o talento de Hulk voltou a dissipar qualquer risco de tropeço. Aos 47 minutos, ele recebeu passe de Zaracho na grande área, pedalou para cima de Kaique e tocou na saída: 2 a 0 para o Galo e festa para a maior parte dos 37.531 torcedores presentes ao Mineirão.

Agenda

Após a estreia no Brasileirão, o Atlético-MG voltará a jogar na próxima quarta-feira, mas pela Copa Libertadores, quando receberá o América-MG, pela segunda rodada da fase de grupos, no Mineirão.

No mesmo dia, mas pela Sul-Americana, o Inter vai receber o paraguaio Guaireña. Pelo Brasileirão, os times voltarão a jogar no domingo: o Galo visitará o Athletico-PR, na Arena da Baixada, enquanto a equipe gaúcha atuará no Beira-Rio, diante do Fortaleza.

Mais Recentes da CNN