Entenda a denúncia que pode levar Chile à Copa do Mundo no lugar do Equador

Seleção chilena acusa o jogador Byron Castillo de ter usado documentos falsos para participar das Eliminatórias

Jean Meneses, do Chile, arma um cruzamento enquanto Byron Castillo, do Equador, tenta se defender, durante uma partida entre as seleções pelas Eliminatórias da Copa do Catar, em novembro de 2021.
Jean Meneses, do Chile, arma um cruzamento enquanto Byron Castillo, do Equador, tenta se defender, durante uma partida entre as seleções pelas Eliminatórias da Copa do Catar, em novembro de 2021. Alberto Valdes - Pool/Getty Images

Da CNN em Espanhol

Ouvir notícia

Os olhos do futebol estão voltados para a Fifa, que anunciou, nesta quarta-feira (11), uma investigação do caso envolvendo o jogador equatoriano Byron Castillo.

A seleção do Chile fez uma denúncia acusando Castillo de ter usado documentos falsos para participar das Eliminatórias para a Copa do Mundo do Catar, no fim do ano.

O que diz a denúncia?

Em 4 de maio, a Federação Chilena de Futebol – que está, no momento, fora da Copa – apresentou uma denúncia contra Byron Castillo e a Federação Equatoriana de Futebol perante a Comissão Disciplinar da Fifa pelo “uso de uma certidão de nascimento falsa, declaração falsa de idade e nacionalidade”, de acordo com um comunicado oficial.

“Há inúmeras provas de que o jogador não nasceu na Colômbia, na cidade de Tumaco, no dia 25 de julho de 1995, e não em 10 de novembro, na cidade equatoriana de General Villamil Playas”, afirmam os chilenos. Eles citam investigações realizadas no Equador que, segundo eles, mostram que há “inconsistências” na certidão de nascimento apresentada por Castillo.

O Equador não demorou a responder. No dia seguinte à denúncia, a federação emitiu uma dura declaração na qual afirma que Castillo é “um cidadão equatoriano para todos os efeitos legais, tanto na esfera civil quanto no esporte, estando devidamente registrado no órgão nacional competente e com toda a documentação nacional em ordem.

A federação também descreveu as declarações chilenas como “rumores infundados” com “o objetivo de desestabilizar a federação”. A organização insistiu que a qualificação para o Catar foi obtida de “forma legítima em campo e representando todos os princípios e valores que emanam do esporte”, bem como os regulamentos atuais.

O que pode acontecer se a Fifa não considerar Castillo equatoriano?

Byron Castillo jogou em oito dos 18 jogos das Eliminatórias pelo Equador. Nesse jogos, a equipe somou 14 dos 26 pontos com os quais se classificou para a Copa do Mundo.

Já o Chile, acabou a disputa em sétimo lugar com 19 pontos. Porém, o advogado da Federação Chilena de Futebol, Eduardo Carlezzo, disse à Reuters que se a seleção receber os dois pontos da partida empatada contra o Equador, o Chile iria para o Mundial.

O que diz o Código Disciplinar da Fifa?

O Código Disciplinar da entidade dirigente do futebol levanta possíveis sanções em caso de falsificação de documentos tanto para o jogador quanto para a equipe envolvida.

Quem usar um documento falso pode ser punido com multa e suspensão por pelo menos seis jogos, ou outro período que seja de pelo menos um ano, afirma o código, acrescentando que poderá responsabilizar “as federações ou os clubes pela falsificação”.

Se um jogador participa de uma partida para a qual não poderia ter sido convocado, a equipe será punida com a derrota por WO, que, no futebol de campo, conta como um resultado de 3 a 0 a favor do oponente. Além disso, uma multa mínima de 6 mil francos suíços seria aplicada, equivalentes a cerca de 31 mil reais.

Além dessas medidas, a Fifa pode excluir a federação de outra competição se julgar apropriado.

Precedentes beneficiam o Chile

Em 2016, durante as Eliminatórias para a Copa da Rússia de 2018, a Fifa determinou que o zagueiro boliviano Nelson Cabrera havia violado os critérios de convocação das partidas disputadas contra as seleções do Peru e do Chile.

A Comissão Disciplinar da Fifa multou a Federação Boliviana de Futebol em US$ 12.135 e deduziu pontos, com os quais o Chile subiu na tabela.

No ano seguinte, a federação boliviana recorreu da decisão do órgão, mas a Fifa se manteve firme.

Equador na Copa do Catar

De acordo com o sorteio da fase de grupos, a equipe comandada por Gustavo Alfaro vai estrear contra o anfitrião Catar, e também terá como adversários as seleções de Senegal e Holanda, pelo grupo A.

Este conteúdo foi criado originalmente em espanhol.

versão original

Mais Recentes da CNN