Evento-teste da Olimpíada de Tóquio é adiado devido ao impacto da Covid-19

Calendário do torneio pode ser ainda mais prejudicado pela pandemia, em agravamento em diversos locais do mundo

Covid-19 pode causar problemas na realização da Tóquio 2020 novamente
Covid-19 pode causar problemas na realização da Tóquio 2020 novamente Foto: James Matsumoto/SOPA Images/LightRocket via Getty Images

Chris Gallagher,

da Reuters, em Tóquio

Ouvir notícia

Os organizadores da Olimpíada de Tóquio disseram nesta terça-feira (6) que decidiram adiar um evento-teste de polo aquático planejado para o final de semana, já que a pandemia de Covid-19 continua a atrapalhar os preparativos do início dos Jogos de Verão de julho.

Os organizadores estão procurando uma data adequada em maio ou junho para realizar o evento, disse o comitê da Tóquio 2020 em um comunicado.

“Realizar eventos-teste é muito importante para a preparação dos Jogos de Tóquio de 2020”, disse o comitê organizador.

“Para garantir o melhor nível de preparação para estes eventos-teste e para os Jogos de Tóquio de 2020, e considerando o calendário de cada participante sob as condições globais atuais da Covid-19, avaliou-se que era necessário adiar os eventos.”

A emissora pública NHK noticiou mais cedo que autoridades estrangeiras não conseguiram ir ao Japão para o evento devido às medidas rígidas contra a Covid-19. Uma porta-voz da Tóquio 2020 não quis comentar.

O adiamento é um contratempo para os organizadores poucos dias depois da retomada de eventos-teste, que são ensaios importantes para confirmar as capacidades operacionais dos Jogos, pela primeira vez em um ano.

Inicialmente, os organizadores estavam planejando 18 eventos-teste em abril e maio, começando com o rúgbi de cadeira de rodas em 3 e 4 de abril.

Para complicar, acredita-se que a Federação Internacional de Natação (Fina) cancelará as eliminatórias olímpicas de mergulho e nado sincronizado, que também deveriam fazer as vezes de eventos-teste, neste mês e no próximo em Tóquio.

Mais Recentes da CNN