Fórmula 1: GP de São Paulo começa a vender ingressos para público

Governo do estado espera que Grande Prêmio seja o primeiro grande evento esportivo com presença do público desde o início da pandemia

Carro do piloto Charles Leclerc, da Ferrari, disputando o Grande Prêmio de São Paulo em 17/11/2019
Carro do piloto Charles Leclerc, da Ferrari, disputando o Grande Prêmio de São Paulo em 17/11/2019 Foto: Peter J Fox/Getty Images

Luana Franzão*, da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

A etapa brasileira da temporada de Fórmula 1, o Grande Prêmio de São Paulo (novo nome dado à corrida de Interlagos), começa a vender ingressos para o público nesta quinta-feira (18).

As entradas serão vendidas primeiro a um grupo de frequentadores regulares da corrida, que constam em uma base de dados da organização do GP. A partir das 19h, o público geral pode se cadastrar no site do prêmio, para então poder comprar seus ingressos na terça-feira (22).

O prêmio da principal categoria do automobilismo está previsto para ocorrer em 7 de novembro de 2021, e deve ser o primeiro evento esportivo com público no estado de São Paulo desde o início da pandemia da Covid-19, em março de 2020.

As autoridades e os organizadores contam com o aumento na velocidade na vacinação contra o vírus no estado e na capital paulista. Seguindo protocolos semelhantes aos adotados em outros países, só poderá assistir o evento aqueles que apresentarem documentos que comprovem que foram tomadas as duas doses da vacina.

*sob supervisão

Mais Recentes da CNN