Na série A, Internacional e Grêmio são os únicos a retomar treinos em CTs

A CNN entrou em contato com os 20 clubes que disputam a elite do futebol brasileiro. Maioria das equipes está realizando treinamentos de forma remota

Ludmila Candal, da CNN em São Paulo

Ouvir notícia
Grêmio e Internacional são os únicos dos 20 clubes da série A do Campeonato Brasileiro que retomaram atividades em seus respectivos centros de treinamento depois das férias coletivas de abril, provocadas pela paralisação dos campeonatos estaduais e o adiamento do Brasileirão devido à pandemia do novo coronavírus.

A CNN entrou em contato com os 20 clubes que disputam a série A, que informaram maneiras diferentes de lidar com a pandemia internamente. A maioria retomou os trabalhos de forma remota

Internacional e Grêmio justificam a volta aos CTs citando o decreto da prefeitura de Porto Alegre, de 30 de abril, que autoriza “o funcionamento das instalações dos clubes sociais, apenas para o condicionamento físico dos respectivos atletas profissionais contratados, observado o distanciamento mínimo de 2m (dois metros) entre os mesmos, sendo vedado, em qualquer caso, contato físico ou aglomerações”.

O Grêmio informou que 20 atletas se apresentaram no CT Luiz Carvalho e que estes foram submetidos às avaliações e testes definidos pelo clube no conjunto de ações preventivas à contaminação pela COVID-19. Os treinos não contarão com a presença do técnico Renato Portaluppi, que participará remotamente da sua casa, no Rio de Janeiro. O Grêmio informou que o treinador é considerado integrante de grupo de risco por causa de duas cirurgias feitas recentemente.

Já o Internacional disse que seguirá atento aos futuros decretos e orientações das autoridades para adotar novas medidas, caso necessárias, em seus protocolos. A volta ao centro de treinamento contou com uma estrutura do departamento médico montada na área externa, e os jogadores, escalados por horário, tiveram temperatura aferida e foram testados para Covid-19.

Clubes paulistas

Palmeiras, Santos, São Paulo e Corinthians assinaram, após reunião virtual na última segunda-feira (4), uma carta da Federação Paulista de Futebol que prevê, em comum acordo, que todos os clubes voltarão aos treinamentos em conjunto. A data será acordada assim que houver a autorização por parte das autoridades de saúde. Os quatro clubes informaram que seus atletas treinam de casa, sob orientação médica e técnica.

Mais Recentes da CNN