Final da Libertadores será no Maracanã sem a presença de público

Times que decidirão a competição serão definidos entre esta e a próxima semana

Guilherme Venaglia, da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

 

A Conmebol anunciou nesta terça-feira (5) que a final da Libertadores da América de 2020 será disputada sem a presença de público. A partida acontecerá no próximo dia 30 de janeiro, no Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro.

“A atual situação da pandemia da Covid-19, ainda em expansão na América do Sul, não permite a realização de um evento dessa magnitude e importância com presença de público, ainda que seja com capacidade reduzida”, diz a entidade sul-americana em nota.

De acordo com a Conmebol, o calendário e a logística da partida foram acertados com o presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Rogério Caboclo. 

Assista e leia também:

Treinador do Fluminense testa positivo para a Covid-19

Neymar entra para Calçada da Fama do Maracanã

Final da Libertadores de 2019
Final da Libertadores de 2019 entre Flamengo e River Plate
Foto: Conmebol

Este é o segundo ano em que a final da Libertadores acontece em um jogo único disputado em campo neutro, como tradicionalmente já ocorria com a UEFA Champions League. No confronto ocorrido em Lima, no Peru, o Flamengo foi campeão batendo o River Plate por 2 a 1.

Os finalistas da edição de 2020 começam a ser decididos nesta terça, com a primeira partida entre o mesmo River e o Palmeiras. Na quarta-feira (6) entram em campo os times que disputam a outra vaga, o Santos e o Boca Juniors.

Mais Recentes da CNN