‘Me diverti, é o que mais sei fazer’, diz Rayssa Leal após prata no skate

À CNN, a skatista de apenas 13 anos de idade afirmou ter ficado "muito feliz" com o resultado

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

 

A skatista Rayssa Leal, a fadinha, falou com a CNN após conquistar a medalha de prata no skate street nas Olimpíadas 2020. 

“A única coisa que penso é só em me divertir e ficar mentalizando minhas manobras. O que eu mais queria era acertar, me divertir, fazer dancinha, brincar. Mas fiquei muito feliz mesmo com o meu resultado e eu me diverti bastante, que é o que mais sei fazer”, disse a atleta de apenas 13 anos de idade.

Rayssa, que ganhou seu apelido pela fantasia que usava quando começou no esporte, terminou em segundo lugar no pódio olímpico com duas japonesas.

Momiji Nishiya, também de 13 anos, levou o ouro, e Funa Nakayama, de 16, terminou com o bronze. 

A anfitriã mais bem cotada, Aori Nishimura, atual campeã mundial e número 3 do mundo, terminou em oitavo lugar.

Publicado por Evandro Furoni

 

Mais Recentes da CNN