Olimpíadas 2020: Stefani e Pigossi perdem semifinal e disputam bronze no tênis

Dupla brasileira começa bem e abre vantagem no 1º set, mas leva virada e perde para tenistas suíças; nesta sexta (30), enfrentarão russas em busca de medalha

Com derrota na semifinal, Luisa Stefani e Laura Pigossi disputarão bronze no tênis
Com derrota na semifinal, Luisa Stefani e Laura Pigossi disputarão bronze no tênis Foto: Wander Roberto - 28.jul.2021/COB

Murillo Ferrari, da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

As tenistas brasileiras Laura Pigossi e Luísa Stefani foram derrotadas nesta quinta-feira (29) pelas suíças Belinda Bencic e Viktorija Golubic na semifinal do torneio de duplas femininas das Olimpíadas de 2020.

Apesar do resultado, as atletas ainda terão mais uma chance de conquistar uma inédita medalha para o tênis feminino nos Jogos, já que na sexta-feira (30) disputarão o bronze contra as russas Veronika Kudermetova e Elena Vesnina.

Na final da competição, a dupla suíça terá pela frente as tchecas Barbora Krejicikova e Katerina Siniakova, cabeças de chave número 1 da competição, que foram as algoze das russas nesta quinta.

Começo forte das brasileiras

No jogo desta quinta, Laura e Luísa começaram o primeiro set em um ritmo arrasador e abriram 4/0 na dupla suíça em pouco mais de 20 minutos.

Depois disso, no entanto, Bencic e Golubic equilibraram o jogo, diminuindo a desvantagem para 5/3, antes de empatar a disputa em 5/5. Com o duelo dominado, elas viraram a parcial e fecharam o primeiro set em 7/5, após 52 minutos de jogo.

No segundo set, as suíças jogaram com mais precisão e mantiveram confortável vantagem sobre as brasileiras, que se esforçaram, mas não conseguiram equilibrar a partida.

Com a partida sob controle, Bencic e Golubic quebraram o sexto game das brasileiras e fecharam o set – e a partida – por 6/3.

Trajetória em Tóquio

Última dupla a garantir vaga nos Jogos Olímpicos, Luisa Stefani e Laura Pigossi aproveitaram a oportunidade que apareceu de última hora. Superaram adversárias consideradas favoritas e chegaram até a disputa da medalha de bronze.

Antes de perder a invencibilidade nesta quinta, as brasileiras passaram pelas canadenses Gabriela Dabrowski e Sharon Fichman, pelas tchecas Karolina Pliskova e Marketa Vondrousova e, por fim, pelas americanas Jessica Pegula e Bethanie Mattek-Sands.

Garantidas na disputa do bronze, Stefani e Pigossi já igualaram a melhor campanha do tênis brasileiro na história das Olimpíadas, que foi o 4º lugar de Fernando Meligeni no torneio masculino de simples em Atlanta-1996. 

“É uma honra jogar pelo Brasil. A gente joga com alma e coração. Desde o começo a gente vem falando que quer levar essa medalha para o Brasil”, disse Laura.

(Com informações do Olimpíada Todo Dia)

Mais Recentes da CNN