Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    A dois anos dos Jogos Olímpicos, COB detalha planejamento para Paris 2024

    Construção da principal base brasileira a 600 metros da Vila Olímpica foi uma das novidades anunciadas

    Olimpíadas de Paris 2024 devem contar com 160 barcos e mais de 600 mil espectadores
    Olimpíadas de Paris 2024 devem contar com 160 barcos e mais de 600 mil espectadores Divulgação/Paris 2024

    Anna Gabriela Costada CNN

    em São Paulo

    Faltando dois anos para o início dos Jogos Olímpicos de 2024, em Paris, o Comitê Olímpico do Brasil (COB) detalhou, nesta terça-feira (26), o planejamento para treinos e logística dos atletas.

    Uma das novidades anunciada foi a construção da principal base brasileira a 600 metros da Vila Olímpica; além de outras quatro bases fora de Paris.

    Em evento realizado em São Paulo, que reuniu atletas, dirigentes e patrocinadores, o COB também destacou a importância da definição com antecedência das bases de apoio do Brasil na França. O planejamento teve início em 2020.

    “Diferentemente de Tóquio e seu fuso-horário de 11 horas em relação ao Brasil, que exigia uma aclimatação mais intensa, em Paris a operação do COB funcionará exclusivamente no período dos Jogos”, divulgou o COB.

    Bases para atletas

    “Em Saint-Ouen, o COB terá cinco instalações à disposição, a apenas 600 metros da Vila Olímpica. Cada um desses locais oferecerá serviços específicos no período dos Jogos”, explicou.

    O Château Saint-Ouen pode acomodar serviços médicos, preparação mental, áreas operacionais e alimentação brasileira, além de ser o ponto de encontro dos atletas com seus amigos e familiares.

    Diretor de Esportes de Alto Rendimento, Ney Wilson apresenta planejamento para Paris 2024 / William Lucas/COB

    O Comitê anunciou que a Escola Petit Prince terá uma função similar, sendo uma base de apoio voltada à performance esportiva. No Parque das Docas será construída uma quadra temporária e exclusiva para o vôlei de praia.

    “Já no Ginásio das Docas, as seleções masculina e feminina de vôlei de quadra poderão realizar seus treinos de quadra e academia a menos de 10 minutos da Vila Olímpica, sem restrição de horário”, explicou o Comitê.

    A Serra Wangari receberá a operação de uniformes. A seleção masculina de vôlei será a primeira a testar a operação em Saint-Ouen. A equipe estará na cidade francesa em agosto, às vésperas do Mundial.

    Competições fora de Paris

    Alguns esportes terão competições em cidades fora da capital francesa. Pensando nisso, o Comitê Olímpico Brasileiro criou bases de apoio para essas modalidades.

    “Além de Saint-Ouen, o COB oferecerá bases de apoio às modalidades esportivas cujas competições serão realizadas fora de Paris. São os casos da vela, em Marselha; do handebol, em Lille; do remo e da canoagem, em Seine-et-Marne; e do surfe, no Taiti”.

    Paulo Wanderley, presidente do COB, afirmou que o tempo de planejamento para o evento esportivo é “curto e desafiador”.

    “Estamos reunidos para celebrar um marco fundamental na caminhada brasileira para os Jogos Olímpicos Paris 2024 e falar sobre o planejamento do COB diante de um ciclo curto e desafiador”.

    “Daqui a exatos dois anos, esperamos voltar a ver as arquibancadas lotadas de torcedores e amantes do esporte vibrando com os feitos dos maiores atletas do mundo”, declarou Wanderley.