Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Atlético-MG sofre com bola aérea e perde para o Patrocinense na estreia do Mineiro

    O Galo foi derrotado pela Águia por 2 a 1, em duelo disputado no estádio Pedro Alves do Nascimento

    Lance de Patrocinense 2 x 1 Atlético-MG
    Lance de Patrocinense 2 x 1 Atlético-MG Pedro Souza/Atlético-MG

    Henrique Andréda Itatiaia

    Atual tetracampeão do Campeonato Mineiro, o Atlético-MG estreou nesta quarta-feira (24) com derrota na edição 2024. No estádio Pedro Alves do Nascimento, em Patrocínio, o time comandado pelo técnico Luiz Felipe Scolari foi derrotado por 2 a 1 pelo Patrocinense.

    De virada e com duas falhas da defesa do Alvinegro, a Águia quebrou tabu de nunca ter vencido o Galo em jogos oficiais e iniciou muito bem a competição.

    O time da capital volta a campo no próximo domingo (28), a partir das 16h (de Brasília), e recebe o Democrata, de Governador Valadares. A partida, da segunda rodada do Estadual, está marcada para a Arena MRV. Este será o primeiro jogo da equipe em casa.

    Desfalque importante

    Horas antes da bola rolar, o atacante Hulk retornou a Belo Horizonte no jatinho particular. Com problemas intestinais, o camisa 7 conversou com comissão técnica e departamento médico e acabou cortado da estreia em 2024.

    Kardec titular

    Com a ausência do paraibano, o técnico Luiz Felipe Scolari optou pela entrada do atacante Alan Kardec.

    A situação do gramado do Pedro Alves do Nascimento, bastante alto, favoreceu a entrada do camisa 14 entre os onze. Pela estatura, ele ganhou a concorrência com Eduardo Vargas.

    Primeiro tempo

    Os primeiros 45 minutos de jogo tiveram emoção apenas nos 15 minutos iniciais. Logo aos 8, o Galo abriu o placar em Patrocínio.

    Num chutaço de fora da área, o zagueiro Maurício Lemos, de falta, deixou o dele. O último gol de um jogador da posição, neste quesito, havia sido em 2014, com Tiago Pagnussat. O Alvinegro precisou de 640 partidas para repetir o feito.

    Aos 15, veio o empate. Após vacilo da defesa, Everton Kanela aproveitou cruzamento vindo da direita e deixou tudo igual no jogo.

    Nos minutos seguintes, as duas equipes tentaram buscar o segundo tento, mas até pela situação do gramado, o duelo ficou bastante truncado e com poucas chances para os dois lados.

    Melhor oportunidade

    Aos 44 minutos, Alan Kardec ajeitou a bola, mas Paulinho chutou fraco. No rebote do goleiro Cairo, o meia Igor Gomes pegou de primeira e quase desempatou. A pelota, porém, passou raspando o travessão da Águia.

    Felipão na bronca

    No intervalo da partida, primeira dos dois times na atual edição do Mineiro, Felipão não escondeu a insatisfação com a situação do gramado em Patrocínio. “Isso é um pasto! Isso é um pasto”, desabafou ao repórter Cláudio Rezende, da Itatiaia.

    Vira-vira no segundo tempo

    Seguindo a tônica da primeira etapa, a partida seguiu bastante truncada. Porém, aos 28 minutos, a Águia fez mais um. Em nova falha da defesa atleticana.

    Assim como Kanela, Hudson, acionado na volta do intervalo, aproveitou cruzamento na área e, numa espécie de “peixinho”, estufou a rede de Everson.

    Pressão e contra-ataques

    Enquanto o Atlético pressionava para buscar o empate, os donos da casa exploravam os contra-ataques e levavam perigo ao goleiro adversário.

    Mesmo com as mexidas, o time de Scolari não conseguiu ser efetivo e, com isso, sofreu o primeiro revés no ano.

    Patrocinense 1 x 1 Atlético-MG

    Patrocinense: Cairo; Nando, Guilherme, Léo Alves e Ailton; Gabriel Galhardo, Marinho (Juninho), Caiuby (Tiago Corrêa; Everton Kanela (Luan), Marcílio (Hudson) e Caique Lemes. Técnico: Rogério Henrique

    Atlético: Everson; Saravia, Mauricio Lemos, Jemerson, Mauricio Lemos, Guilherme Arana; Otávio (Rubens), Edenilson (Alan Franco), Igor Gomes (Alisson), Pedrinho (Pavón); Paulinho e Alan Kardec (Vargas). Técnico: Luiz Felipe Scolari

    Motivo: 1ª rodada do Campeonato Mineiro

    Data: 24 de janeiro de 2023

    Local: Estádio Pedro Alves do Nascimento, em Patrocínio-MG

    Arbitragem: Felipe Fernandes de Lima

    Auxiliares: Leonardo Henrique Pereira e Ricardo Junio de Souza

    VAR: Marco Aurélio Augusto Fazekas Ferreira

    Gols: Mauricio Lemos, aos 8 minutos do primeiro tempo, para o Atlético; Everton, aos 15 da primeira etapa, e Hudson, aos 28 do segundo tempo, para o Patrocinense

    Cartões amarelos: Naldo, Caiuby e Everton (CAP); Guilherme Arana (CAM)

    Acompanhe a CNN Esportes em todas as plataformas

    Este conteúdo foi criado originalmente em Itatiaia.

    versão original