Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Flamengo se posiciona sobre tragédia no Ninho, que completa cinco anos nesta quinta

    Incêndio tirou a vida dez jovens das categorias de base do clube em 2019

    O Ninho do Urubu, CT do Flamengo, local da tragédia
    O Ninho do Urubu, CT do Flamengo, local da tragédia Matheus Dantas / Itatiaia

    Itatiaia Esporte

    O Flamengo soltou uma nota oficial nesta quarta-feira (7) sobre o incêndio do Ninho do Urubu, do dia 8 de fevereiro de 2019, que completará cinco anos. A tragédia tirou a vida de dez garotos das categorias de base, que dormiam no alojamento.

    Muito cobrado nas redes sociais, o Rubro-Negro relembrou o fato e se posicionou, em especial sobre a alta demanda por pedidos de entrevistas sobre a tragédia. Além disso, o Flamengo falou sobre a família do jovem Christian Esmério, sem citar o nome, que foi a única que não aceitou acordo de indenização.

    “Após algum tempo e independentemente de processo judicial, o clube firmou acordo com nove das dez famílias que tiveram vítimas fatais e com todos os sobreviventes. Essas famílias consideraram justos os valores da indenização e os aceitaram”, diz um trecho da nota.

    Confira na íntegra a nota do Flamengo

    “Amanhã fará cinco anos da maior tragédia da história do Flamengo. Perdemos dez jovens atletas e não podemos – nem queremos – esquecer disso. Temos que rememorar nossos jovens eternamente, a cada dez minutos de cada jogo e sempre.

    Será um dia muito difícil para as famílias daqueles dez jovens atletas e isso consterna a todos nós e nossa grande torcida. É dia de lamentar e de pedir a Deus por eles. Dia de nos solidarizarmos com as famílias e dar condolências. 

    O clube recebeu várias consultas de muitos veículos de comunicação. Sinteticamente, o clube tem a dizer o seguinte:

    Desde o trágico dia, o clube prestou toda assistência às famílias, tanto psicológica, como financeira.

    Após algum tempo e independentemente de processo judicial, o clube firmou acordo com nove das dez famílias que tiveram vítimas fatais e com todos os sobreviventes. Essas famílias consideraram justos os valores da indenização e os aceitaram.

    A única família que não aceitou o acordo recebe, mensalmente, uma pensão do clube, independentemente de processo judicial, e o Flamengo continua aberto para alcançar uma composição com eles, a quem muito preza.

    O Flamengo tem o maior respeito e carinho pelas famílias, de modo que externamos aqui, mais uma vez, nossos mais sinceros sentimentos a todos”.

    Acompanhe CNN Esportes em todas as plataformas

    Este conteúdo foi criado originalmente em Itatiaia.

    versão original