Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Atlético-MG tem treinador argentino como plano A após saída de Felipão

    Argentino está sem clube desde que saiu do Argentinos Juniors

    Gabriel Milito treinou o Argentinos Juniors entre 2021 e 2023
    Gabriel Milito treinou o Argentinos Juniors entre 2021 e 2023 Argentinos Juniors/Divulgação

    Cláudio RezendeHenrique Andréda Itatiaia

    Após decidir demitir o técnico Luiz Felipe Scolari, o Atlético-MG já tem o nome preferido pra assumir o comando da equipe. Neste momento, Gabriel Milito é o plano A da diretoria alvinegra.

    O argentino está livre no mercado desde que deixou o Argentinos Juniors, em agosto de 2023. Recentemente, o nome do treinador também foi especulado no Cruzeiro, antes da contratação de Nicolás Larcamón.

    O Atlético-MG está em busca de um treinador após tomar a decisão de demitir Felipão, que será anunciada oficialmente nesta quarta-feira.

    Auge da carreira como técnico no Argentinos Juniors

    Na tentativa de se firmar como um treinador relevante na América do Sul, Gabriel Milito foi contratado pelo Argentinos Juniors em 2021. E foi à frente do clube que revelou Diego Armando Maradona que o ex-defensor se encontrou na carreira.

    Ao longo de três temporadas no Argentinos Juniors, em um dos trabalhos mais longevos do continente nos últimos anos, Milito despertou a atenção não só da imprensa local, como também de vários clubes da Argentina e do Brasil.

    Vale ressaltar que, geralmente, suas equipes gostam de ter maior posse de bola e têm características ofensivas. Ao todo, Gabriel Milito dirigiu o Argentinos Juniors em 135 jogos, incluindo em competições internacionais, com 58 vitórias, 33 empates e 44 derrotas. O aproveitamento foi de 51,11%.

    Times que Milito já dirigiu na carreira

    • Argentinos Juniors (2021 a 2023)
    • Estudiantes (2019 a 2020)
    • O’Higgins (2018)
    • Independiente (2017)
    • Estudiantes (2015)

    Carreira de Milito como jogador

    Formado nas categorias de base do Independiente, Gabriel Milito teve uma carreira de destaque. Embora tenha atuado por somente três clubes, o ex-zagueiro virou ídolo do “Rey de Copas” no decorrer de duas passagens. Em Avellaneda, ele começou e encerrou a carreira, com 173 jogos e três gols.

    Após ter ganhado projeção no Independiente, Milito virou peça do elenco do Real Zaragoza, da Espanha, em 2003, um ano depois de ter disputado a Copa do Mundo pela Seleção Argentina. No clube intermediário da Espanha, Milito ficou até o meio de 2007, com 169 partidas e seis gols.

    O desempenho acima das expectativas credenciou Milito a se juntar ao gigante Barcelona. Na companhia de vários craques, como Carles Puyol, Lionel Messi, Andrés Iniesta, Xavi e Eto’o, ele foi campeão de tudo no cenário nacional e mundial. Pelos culés, Milito disputou 76 jogos e marcou um gol.


    Acompanhe CNN Esportes em todas as plataformas

    Este conteúdo foi criado originalmente em Itatiaia.

    versão original