Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Felipe Neto volta a atacar CBF após virada sofrida pelo Botafogo: “Bandida e safada”

    Após análise do VAR, Adryelson acabou expulso quando o Botafogo vencia por 3 a 1

    Felipe Neto, influenciador digital
    Felipe Neto, influenciador digital Divulgação

    da Itatiaia

    A exemplo do que fez na derrota do Botafogo para o Cuiabá, por 1 a 0, o influenciador Felipe Neto foi às redes sociais nesta quarta-feira (1º/11) atacar a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) após a virada sofrida pelo líder do Brasileirão para o Palmeiras, por 4 a 3, novamente em casa.

    Torcedor do Botafogo, Felipe Neto atribuiu a expulsão do zagueiro botafoguense Adryelson, aos 31 minutos do segundo tempo, à suposta intenção da entidade que rege o futebol brasileiro de ver outro clube com o título de 2023.

    Adryelson dividiu uma bola com Breno, do Palmeiras, e não tinha recebido nem sequer cartão amarelo. Mas, após análise do VAR, o defensor acabou expulso quando o Botafogo vencia por 3 a 1.

    Logo na sequência, Tiquinho Soares, artilheiro do Botafogo, desperdiçou um pênalti, defendido pelo goleiro palmeirense Weverton. Na sequência, ocorreu a reviravolta no placar, que resultou na vitória dos paulistas por 4 a 3.

    Felipe Neto foi ao Twitter e escreveu: “CBF É UMA ENTIDADE CORRUPTA, BANDIDA E SAFADA!!!!!!!!!! O que o Brasil está presenciando vai ficar nos livros de história. Não é a toa que a CBF está fadada ao seu fim. Uma entidade corrupta. Árbitros safados e mal intencionados. Todo mundo viu hoje. Não tem mais nenhum resquício de vergonha na cara”.

    Com a derrota, o Botafogo viu a vantagem sobre o Palmeiras cair para três pontos: 59 a 56. O líder tem um jogo a menos, mas vê o título iminente ameaçado a poucas rodadas do fim da competição.

    Na próxima rodada, o Botafogo vai a São Januário enfrentar o Vasco. O clássico será na segunda (6), às 20h. Já o Palmeiras joga no sábado (4), às 21h30, quando recebe o Athletico na Arena Barueri.

    Acompanhe CNN Esportes em todas as plataformas