Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Diniz repete Luxemburgo e comandará, ao mesmo tempo, Seleção e um clube; relembre

    Acordo com a CBF prevê que treinador do Fluminense acumule funções no clube e na entidade

    Rio de Janeiro, RJ - Brasil - 27/06/2023 - Maracanã - Fernando DinizCopa Libertadores. Fase de Grupos. 6ª Rodada. Jogo Fluminense x Sporting Cristal.
    Rio de Janeiro, RJ - Brasil - 27/06/2023 - Maracanã - Fernando DinizCopa Libertadores. Fase de Grupos. 6ª Rodada. Jogo Fluminense x Sporting Cristal. FOTO DE MAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC

    Leonardo Parrelada Itatiaia

    Belo Horizonte

    O Brasil está muito próximo de anunciar Fernando Diniz como próximo treinador. O atual técnico do Fluminense assinará de forma interina até junho de 2024.

    Ele não vai deixar o comando do clube carioca. Sendo assim, ele vai repetir a situação que viveu Vanderlei Luxemburgo, em 1998.

    Ao final da Copa daquele ano, a CBF também teve dificuldades para encontrar um novo treinador. Zagallo, vice-campeão com a Seleção na França, havia deixado o cargo. Luxemburgo, que comandava o Corinthians, topou o desafio.

    Luxa impôs uma condição: não abandonar o trabalho no Corinthians. No comando do clube paulista, encerrou a temporada com o título do Brasileirão de 1998.

    Ao final da temporada, Oswaldo de Oliveira assumiu o comando do Timão e Luxemburgo passou a se dedicar, exclusivamente, à CBF.

    No comando da Amarelinha, Luxa foi campeão da Copa América (1999) e do Pré-Olímpico em 2000.

    A eliminação nas Olimpíadas de 2000 para a Seleção de Camarões custou ao treinador seu cargo. No total, foram 21 vitórias, cinco empates e oito derrotas – aproveitamento de 69%.

    Detalhe que em 1998 o então atacante Fernando Diniz teve rápida passagem pelo Corinthians.

    Ele foi utilizado duas vezes por Vanderlei Luxemburgo. Ele deixou o clube da capital paulista para defender o Paraná. Diniz também foi comandado por Luxa em 1996, quando ambos estavam no Palmeiras.