Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Mano Menezes critica escolha da CBF por técnico interino e pede Diniz fixo na Seleção

    Treinador do Timão afirmou que trabalho de Fernando Diniz exige mais tempo para fluir

    Mano Menezes, em entrevista ao Domingol
    Mano Menezes, em entrevista ao Domingol Reprodução/CNN

    Luis Fabianida Itatiaia

    O técnico Mano Menezes, do Corinthians, discordou com a decisão da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) por utilizar um treinador interino na Seleção Brasileira. Na visão do comandante alvinegro, o cargo hoje ocupado por Fernando Diniz deveria ser fixo.

    De acordo com Mano Menezes, os trabalhos de Diniz requerem mais tempo para que de fato consigam fluir. Justamente por isso, criticou o pouco tempo de contrato oferecido pela CBF (um ano), que ainda aguarda uma definição do italiano Carlo Ancelotti.

    “Eu como treinador não tenho que achar que um colega meu deve ou não assumir a Seleção, seria antiético. Mas a maneira como foi feita eu achava perigosa, muito misturada. Acho que a gente está passando por algo normal, escolhemos um treinador diferente de todos os outros, tem um método próprio de montar o jogo”, disse, em entrevista ao Arena SBT.

    Vale destacar que a entrevista foi ao ar antes da última partida da Seleção Brasileira. Nessa terça-feira (21), a equipe de Fernando Diniz acabou derrotada pela Argentina, por 1 a 0, no Estádio do Maracanã. O gol foi anotado pelo zagueiro Otamendi.

    “Para passar por uma transformação tão radical seria necessário um tempo maior, algo mais estável para na frente colher os frutos. Acho que a Seleção não permite isso, você se reúne pouco, treina pouco, você chega tendo jogado um jogo importante dois dias antes. Essas são as questões importantes do processo que temos que entender. A CBF escolheu o Diniz para a transição, eu acho que deveria ser permanente. Tem que ter paciência, calma, entender que as oscilações vão acontecer, que o time pode se perder um pouco. Implantar ideias diferentes como as do Diniz não acontece do dia para a noite na Seleção Brasileira”, finalizou Mano Menezes.

     

    Acompanhe CNN Esportes em todas as plataformas

    Este conteúdo foi criado originalmente em Itatiaia.

    versão original