CNN Esportes

Mineirão é o pior estádio do Brasil para paquerar, diz aplicativo; veja ranking

Serrinha, em Goiânia, aparece na primeira posição

Pedro Leiteda Itatiaia

Aplicativo de paquera, o Happn divulgou pesquisa que aponta os melhores estádios do Brasil para encontrar um “crush” e se relacionar. Os representantes de Belo Horizonte, contudo, não ficaram bem colocados entre as 17 arenas analisadas.

O Mineirão, estádio com maior capacidade de público em Minas Gerais, ficou no 17º lugar — a última posição da lista. O Independência, do América-MG, está no meio da tabela: em 9º.

A melhor arena do Brasil para encontrar um “crush” segundo o estudo é a Serrinha, do Goiás, que está localizada em Goiânia. Em seguida, estão o Allianz Parque, do Palmeiras, em São Paulo, e o Maracanã, no Rio de Janeiro.

Veja o ranking dos estádios:

  1. Serrinha (GO) – Goiás
  2. Allianz Parque (SP) – Palmeiras
  3. Maracanã (RJ) – Flamengo e Fluminense
  4. Couto Pereira (PR) – Coritiba
  5. Arena da Baixada (PR) – Athletico Paranaense
  6. Nilton Santos (RJ) – Botafogo
  7. Fonte Nova (BA) – Bahia
  8. Independência (MG) – América-MG, Atlético-MG e Cruzeiro
  9. Vila Belmiro (SP) – Santos
  10. Neo Química Arena (SP) – Corinthians
  11. Morumbi (SP) – São Paulo
  12. Arena Pantanal (MT) – Cuiabá
  13. Arena do Grêmio (RS) – Grêmio
  14. Beira-Rio (RS) – Internacional
  15. Nabi Abi Chedid (SP) – Red Bull Bragantino
  16. Castelão (CE) – Ceará e Fortaleza
  17. Mineirão (MG) – Atlético-MG e Cruzeiro

Como foi feita a pesquisa?

Para fazer o ranking, o Happn analisou os estádios que registraram o maior número de interações entre usuários (cruzamentos, curtidas e mensagens) durante os jogos. O aplicativo pôde saber onde cada pessoa estava por utilizar tecnologia de geocalização.

O estudo foi feito durante os Campeonatos Estaduais, entre janeiro e março, e divulgado no fim do mês de abril. O Happn optou por não divulgar a quantidade de “matchs” efetuados em cada estádio para preservar os clubes.

Este conteúdo foi criado originalmente em Itatiaia.

versão original