Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Alcaraz chega confiante a Wimbledon, mas diz: “O principal favorito é Djokovic”

    Número 1 do mundo, espanhol conquistou o ATP de Queen's na semana passada

    Alcaraz chega confiante a Wimbledon e será o cabeça de chave número 1
    Alcaraz chega confiante a Wimbledon e será o cabeça de chave número 1 Peter Cziborra/Action Images via Reuters

    Martyn Hermanda Reuters Londres

    O número 1 do mundo Carlos Alcaraz é a nova grande estrela do tênis masculino, mas, para o espanhol, Novak Djokovic é quem continua sendo o favorito para defender o título em Wimbledon.

    Alcaraz, de 20 anos, conquistou o prestigioso título do ATP de Queen’s na semana passada. Foi apenas seu terceiro torneio disputado na grama, voltando ao topo do ranking masculino com a conquista.

    Ele também será o cabeça de chave número 1 em Wimbledon, no que será sua terceira participação no All England Club, com muitas pessoas apostando no espanhol para ficar com o título. Alcaraz, porém, prefere colocar Djokovic um patamar acima, ainda que esteja à frente do sérvio no ranking.

    “Venho para Wimbledon com muita confiança, pensando que posso ter bons resultados aqui”, disse o campeão do US Open a repórteres neste domingo (2). “Mas, obviamente, para mim, o principal favorito é Djokovic. Ele sempre faz tudo parecer fácil. É muito difícil encontrar alguma fraqueza em seu jogo.”

    “Minhas expectativas são altas. Acho que poderei pressionar os outros jogadores, até mesmo Djokovic. Sinto-me confiante e pronto para fazer coisas boas por aqui”, completou o tenista.

    Alcaraz chegou à quarta rodada no ano passado, quando foi derrotado pelo jovem italiano Jannik Sinner. Desde então, deixou seus concorrentes para trás, conquistando o mundo do tênis.

    O espanhol vai estrear contra o experiente francês Jeremy Chardy na terça-feira (4) e, embora a chave inicial pareça acessível, ele pode se ver já na quarta rodada diante do alemão Alexander Zverev ou de Alex de Minaur, o australiano que derrotou na final de Queen’s.

    A expectativa é grande para Alcaraz, que diz não estar sentindo pressão e que fará seu jogo naturalmente agressivo desde o início.

    “Eu sei o que tenho que fazer. Para mim, é jogar, fazer o meu melhor e tentar ganhar torneios”, disse.

    “Não penso muito em ser o número um. Estou tentando tirar toda essa pressão. Sempre digo que tento jogar agressivo o tempo todo. Acho que isso é o mais importante aqui na grama: ser agressivo, ir para a rede, tentar acertar golpes fortes. Estou sempre tentando a mesma coisa em todas as superfícies”, concluiu o número 1 do mundo.