Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Velório de Pelé começa nesta segunda-feira (2); veja detalhes

    Cerimônia ocorrerá na Vila Belmiro, estádio do Santos Futebol Clube a partir das 10h; enterro está previsto para o início da tarde de terça (3)

    Douglas Portoda CNN*

    em São Paulo

    O velório do Rei do Futebol, Pelé, será realizado a partir desta segunda-feira (2), no estádio Urbano Caldeira, a Vila Belmiro, em Santos, no litoral de São Paulo. O início da cerimônia está previsto para acontecer a partir das 10h (de Brasília).

    O traslado com o corpo do ex-jogador saiu do hospital Albert Einstein, na capital paulista, por volta das 2h da segunda-feira (2). (veja no vídeo abaixo)

    De acordo com uma publicação do filho do Rei do Futebol, Edinho, o corpo chegou à Vila Belmiro por volta das 5h.

    É esperada uma grande quantidade de pessoas na despedida do maior jogador brasileiro da história, entre torcedores e autoridades. O governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos), tem previsão de estar presente na cerimônia entre 11h e 12h.

    As pessoas que desejarem se despedir do ex-jogador poderão entrar na Vila Belmiro pelos portões 2 e 3. A saída será efetuada pelos portões 7 e 8. As autoridades terão acesso pelo portão 10.

    Nas arquibancadas onde estão os lugares destinados aos associados, foram estendidas faixas com a imagem de Pelé com a camisa 10 do clube.

    No gramado, duas tendas foram montadas. A menor, será destinada a familiares e ídolos do clube –um pedido do Rei do Futebol– com aproximadamente 100 lugares, e outra para autoridades e convidados.

    Preparação do estádio da Vila Belmiro, em Santos, para o velório de Pelé
    Preparação do estádio da Vila Belmiro, em Santos, para o velório de Pelé / Felipe Rau/Estadão Conteúdo

    O velório de Pelé será encerrado na terça-feira (3), também às 10h. Em seguida, será realizado um cortejo pelas ruas da cidade, passando pelo canal 6, onde mora a mãe do ex-jogador, dona Celeste Arantes do Nascimento.

    O sepultamento será realizado no Memorial Necrópole Ecumênica, sendo reservado para a família, a partir das 14h.

    Para preservar o corpo de Pelé entre quinta-feira (29), data da morte, até o dia do enterro, foi feito um procedimento chamado de tanatopraxia. Popularmente, o processo é conhecido como embalsamento.

    Morte de Pelé

    O eterno camisa 10 da Seleção Brasileira morreu às 15h27 de quinta-feira (29), em decorrência de insuficiência renal e cardíaca, broncopneumonia e adenocarcinoma de cólon.

    O craque vinha tendo cuidados paliativos, recebendo medidas de conforto para aliviar dores e falta de ar. Pelé passou por uma cirurgia para a retirada de um tumor em 4 de setembro de 2021.

    O ex-jogador chegou ficar estável após a cirurgia, mas teve de retornar para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em 17 de setembro de 2021, depois de um quadro de instabilidade respiratória. Quando se recuperou, foi encaminhado para a unidade de tratamento semi-intensivo.

    Homenagens

    A morte de Pelé comoveu o mundo e gerou grande repercussão internacional, inclusive em órgãos de imprensa de vários países. Diversas homenagens foram feitas ao Rei do Futebol.

    No mundo dos esportes, diversos jogadores e clubes utilizaram as redes sociais para emitir mensagens de pesar pela morte do ex-jogador. O Santos, clube que Pelé defendeu na maior parte de sua carreira, anunciou que passará a colocar uma coroa em cima de seu escudo, em alusão ao Rei do Futebol. O time também estuda aposentar a camisa 10, que foi usada por Pelé.

    Entre políticos, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) homenagearam Pelé.

    Até o Vaticano publicou na internet uma mensagem com a legenda “o rei, dois papas e dois santos”, contendo imagens de Pelé com o papa Francisco, o papa emérito Bento XVI e os papas João Paulo II e Paulo VI –esses três últimos já falecidos.

    (*Com informações de Karla Chaves, Renan Fiuza e Matheus Meirelles)