Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Vinícius Júnior quer usar o futebol para um bem maior

    Atleta é um dos destaques da Seleção Brasileira que chega ao Catar no sábado (19) para a disputa da Copa do Mundo

    Vinícius Junior em treino pela Seleção Brasileira
    Vinícius Junior em treino pela Seleção Brasileira Lucas Figueiredo/CBF

    Fernando Kallasda Reuters

    Vinicius Jr. é o símbolo de uma nova geração de talentos do Brasil, que parece estar no auge no momento perfeito para chegar ao Catar como candidato ao título da Copa do Mundo.

    O jogador de 22 anos marcou o gol da vitória do Real Madrid na final da Liga dos Campeões contra o Liverpool e terminou em oitavo lugar na votação da Bola de Ouro no mês passado, elevando-o ao nível mundial em sua quinta temporada com os gigantes espanhóis.

    O atleta disse estar ansioso para aliviar a pressão sobre o atacante Neymar, que carregou as esperanças de uma nação quase sozinho ao longo de sua carreira internacional.

    “Neymar passou por muita coisa como jovem jogador, tendo que jogar tão jovem e com muita pressão. Então é ele quem garante hoje que tudo seja mais fácil para a nova geração”, disse Vinicius à Reuters, nesta quinta-feira (17), onde o Brasil treina antes de voar para o Catar no sábado (19).

    “É um sonho porque crescemos idolatrando ele. É muito importante o que ele faz como líder. Ele sabe que ajudando a gente, podemos ajudar muito ele também, fazer um grande Mundial. E isso é bom para nós. É bom para o povo brasileiro que quer que vençamos.”

    Vinícius Jr acolheu bem a pressão que vem com a responsabilidade de ser a cara da nova geração brasileira.

    “Ouço muito. Gosto de aprender com os jogadores mais experientes, como Karim (Benzema) e Neymar”, disse Vinicius. “Lidar com a pressão sempre foi fácil para mim, sendo uma estrela, como você diz. Sempre fui equilibrado. Ajuda jogar no Real Madrid e no Brasil, porque posso aprender com todos esses grandes jogadores que ganharam tanto em suas carreiras.”

    Mas por trás do sorriso largo e das comemorações que estão se tornando a marca registrada do ponta, existe um jovem sensato e socialmente consciente que quer usar o futebol e sua fama para um bem maior.

    Vinícius iniciou uma fundação que está construindo escolas em áreas carentes e está investindo em pesquisa para desenvolver novas formas de melhorar o sistema educacional no Brasil.

    “Acredito que preciso fazer mais. Vejo como atletas como Lewis Hamilton e LeBron James fazem o bem e quero fazer o mesmo, ajudar as pessoas de várias maneiras”, disse Vinicius. “A educação é importante porque nem todos podem se tornar jogadores. Muitos tentam, mas nem todos conseguem.