Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Ataque russo deixa pelo menos 12 mortos em prédio do governo de Mykolaiv, diz Ucrânia

    Segundo serviço de emergência do país, socorristas trabalham no local atingido por um foguete russo; metade do prédio foi destruído pelo ataque

    Imagem mostra buraco aberto por foguete russo em sede do governo de Mykolaiv, no sul da Ucrânia.
    Imagem mostra buraco aberto por foguete russo em sede do governo de Mykolaiv, no sul da Ucrânia. Reprodução Reuters

    Olga Voitovychda CNNBen WedemanKareem Khadderda CNN*

    Ouvir notícia

    Pelo menos 12 pessoas morreram e 33 ficaram feridas nesta terça-feira (29) quando um foguete atingiu o prédio da administração regional na cidade portuária de Mykolaiv, no sul da Ucrânia, informou o serviço de emergências ucraniano.

    Em um post online, o órgão disse que 18 dos feridos foram retirados dos escombros por equipes de resgate que continuam trabalhando no local.

    Uma imagem mostrava um grande buraco na lateral do prédio. Testemunhas viram a destruição à distância e ambulâncias e carros de bombeiros indo para o local. A área foi isolada pelas autoridades ucranianas.

    O ataque russo demoliu metade do prédio, segundo o governador Vitalii Kim.

    As forças russas atacam os portos do sul da Ucrânia, incluindo Kherson, Odesa, Mykolaiv e Mariupol, enquanto tentam isolar a Ucrânia do Mar Negro e estabelecer um corredor terrestre da Rússia à Crimeia, a península que a Rússia anexou em 2014.

    “Eles [os russos] atingiram o prédio da administração regional, demoliram metade do prédio, atingiram meu escritório. A maioria das pessoas foi milagrosamente salva”, disse Kim em um comunicado no Telegram.

    “Oito civis estão sob os escombros, estamos procurando por eles. 50-100 pessoas saíram. Também estamos procurando por três militares”, acrescentou.

    O Serviço de Emergência do Estado da Ucrânia disse que o ataque atingiu o prédio de nove andares na manhã de terça-feira por volta das 8h45, no horário local.

    “A parte central do edifício, do nono ao primeiro andar, foi destruída, sem que o incêndio tenha ocorrido”, disse o comunicado. “Às 11h30, os socorristas retiraram um morto dos escombros, 18 dos resgatados foram hospitalizados. Os socorristas estão trabalhando no local.”

    A Rússia chama suas ações na Ucrânia de “operação militar especial” para desarmar e “desnazificar” seu vizinho. Os russos negam ter civis como alvo. A Ucrânia e o Ocidente dizem que o presidente russo, Vladimir Putin, lançou uma guerra não provocada.

    *Com informações da Reuters

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original

    Mais Recentes da CNN