Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Bispo espanhol perde poderes clericais após se casar com escritora de erotismo

    Xavier Novell Goma está proibido de administrar sacramentos, tanto "em público como privados"

    Catedral de Solsona, pequena cidade ao norte de Barcelona, ​​na região nordeste da Catalunha
    Catedral de Solsona, pequena cidade ao norte de Barcelona, ​​na região nordeste da Catalunha Europa Press via Getty Images

    Hannah Ryanda CNN

    Na Espanha, um bispo teve seus poderes clericais removidos após casar com uma autora “transgressora” de erotismo com tons satânicos.

    A diocese de Solsona, onde Xavier Novell Goma servia como bispo, emitiu um comunicado no sábado (11) dizendo que Novell está proibido de administrar os sacramentos e de se envolver em qualquer ensino ativo, “tanto em público como privado”, embora ele ainda possa manter sua condição de bispo.

    Segundo o comunicado, Novell, bispo emérito de Solsona, se casou civilmente com Silvia Caballol em 22 de novembro de 2021, na província de Barcelona. A declaração então se refere ao Cânon 1394.1 da Igreja Católica, que afirma que “um clérigo que tentar casamento, mesmo que apenas civilmente, estará sujeito a suspensão”.

    Novell se tornou o bispo mais jovem da Espanha em 2010, aos 41 anos, quando foi nomeado para Solsona, uma pequena cidade ao norte de Barcelona, ​​na região nordeste da Catalunha.

    Em setembro, ele renunciou ao cargo de bispo – o que foi aprovado pelo Vaticano, conforme boletim divulgado naquele mês.

    Agora, após seu casamento com Caballol, Novell não é mais capaz de “exercer os direitos e funções inerentes ao ofício episcopal”, disse o comunicado de sua diocese.

    Nem Novell nem Caballol falaram sobre a suspensão dos poderes clericais ou do casamento.

    De acordo com reportagens da BBC, Novell apoiou a “terapia de conversão” para gays e também realizou exorcismos.

    Caballol, de 38 anos, começou a carreira de romancista em 2015, segundo o perfil no site de sua editora Lacre. Ela é formada em psicologia clínica, além de sexologia e ioga, e também estudou catolicismo e islamismo.

    Ela é descrita no site da editora como “uma pessoa que deseja viver ao máximo” e uma “buscadora de novas emoções e sensações”.

    Lacre também chama Caballol de “uma autora dinâmica e transgressora que abriu um nicho para si mesma no espinhoso mundo literário para virar todas as nossas considerações morais e éticas de cabeça para baixo”.

    Um dos romances de Caballol – intitulado “O Inferno da Luxúria de Gabriel” – promete transportar o leitor a um mundo onde encontrará “psicopatia, seitas, sadismo, loucura, a irrealidade da imoralidade e a luta rude entre o bem e o mal, entre Deus e Satanás, e entre os anjos e demônios”.

    Duarte Mendonça, da CNN, contribuiu para esta reportagem.

    Este é um texto traduzido. Clique aqui para ler o original.