Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    #CNNPop

    Quem é Sheynnis Palacios, a Miss Universo 2023

    Palacios venceu a 72ª edição do concurso de beleza que aconteceu na noite do sábado (18) em São Salvador, El Salvador

    Miss Nicaragua, Sheynnis Palacios, venceu o 72º Concurso Miss Universo
    Miss Nicaragua, Sheynnis Palacios, venceu o 72º Concurso Miss Universo Reprodução/Instagram

    Da CNN em Espanhol

    Sheynnis Palacios, da Nicarágua, tornou-se a nova Miss Universo depois de vencer a 72ª edição do concurso de beleza que aconteceu na noite do sábado (18) em São Salvador, El Salvador.

    A nicaraguense de 23 anos era uma das favoritas ao título e estava à frente de Anntonia Porsild, da Tailândia, e Moraya Wilson, da Austrália.

    Palacios competiu pela coroa ao lado de 84 mulheres de todo o mundo que compareceram perante um júri composto pela modelo Halima Aden, a estrela de “Queer Eye” como Carson Kressley, a influenciadora do TikTok Avani Gregg e duas ex-misses, Janelle Commissiong, de Trinidade e Tobago (Miss Universo 1977), e Iris Mittenaere, da França (Miss Universo 2016).

    Na rodada final de perguntas, quando restaram apenas os finalistas, Palacios respondeu que, se pudesse escolher, gostaria de passar um dia na vida de Mary Wollstonecraft, uma filósofa e feminista britânica do século XVIII que ela admira. “Ela foi a primeira mulher a lutar pelos direitos das mulheres”, disse Palacios.

    Quem é Sheynnis Palacios?

    Sheynnis Palacios, nascida em Manágua, capital da Nicarágua, tem 23 anos e é produtora audiovisual. Em 2022, Palacios revelou que se formou em comunicação pela Universidade Centro-Americana (UCA), universidade jesuíta que foi confiscada em meados deste ano pelo governo de Daniel Ortega.

    Palacios é ativista da saúde mental, tema que ela assumiu após sofrer de problemas de ansiedade, segundo seu perfil na conta do Instagram do Miss Universo. Por meio do “Understand Your Mind”, podcast em que entrevista especialistas, a jovem nicaraguense oferece um espaço para informar pessoas que vivenciam a mesma condição que ela.

    Embora prefira ficar atrás das câmeras, Palacios acredita que os holofotes podem servir para resolver os diversos problemas do mundo. Seu objetivo de vida, segundo seu perfil, é “trabalhar a serviço da humanidade, dirigindo uma equipe editorial e produzindo conteúdos e propagandas para marcas internacionais”.

    A jovem nicaraguense se considera uma pessoa resiliente e disse, em uma breve descrição de si mesma no Miss Universo, que se pudesse ter um poder seria o de dominar elementos como ar e fogo.

     

     

    Este conteúdo foi criado originalmente em espanhol.

    versão original