Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    COP26: Papa solicita medidas “radicais” contra a mudança climática

    Todos devem fazer "a sua parte e dar uma resposta coletiva à ameaça sem precedentes", diz a autoridade da Igreja Católica

    Da CNN

    O Papa Francisco pediu aos líderes mundiais que aproveitem a oportunidade para enfrentar de forma mais eficaz a crise climática global na COP26 e deem “esperança concreta” às gerações futuras de que a ameaça está sendo levada a sério.

    Falando em uma mensagem transmitida pela BBC Radio 4 nesta sexta-feira (29), o líder da Igreja Católica disse que todos devem fazer “a sua parte e dar uma resposta coletiva à ameaça sem precedentes relacionada à mudança climática.”

    O Papa disse que as mudanças climáticas e a pandemia de Covid-19 “expuseram nossa profunda vulnerabilidade e levantaram numerosas dúvidas e preocupações sobre nossos sistemas econômicos e a forma como organizamos nossas sociedades”.

    “Estas crises apresentam-nos a necessidade de tomar decisões radicais nem sempre fáceis”, afirmou, acrescentando que momentos difíceis como estes “apresentam oportunidades que não devemos desperdiçar”.

    Podemos enfrentar essas crises recuando para o isolamento, o protecionismo e a exploração. Ou podemos ver neles uma verdadeira chance de mudança, um verdadeiro momento de diálogo”, acrescentou o Papa.

    Ao sublinhar o sentido de urgência que os líderes globais devem assumir, o Papa também deu uma nota de esperança, dizendo que “a humanidade nunca teve à sua disposição tantos meios” para alcançar esses objetivos.

    O Papa Francisco não participará da cúpula da COP26, em Glasgow, neste fim de semana.

    (Texto traduzido. Leia o original aqui.)