Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Crianças resgatadas na Colômbia fazem desenhos do cão Wilson, que desapareceu nas buscas

    Pastor belga de seis anos pode ter acompanhado os pequenos durante o período em que estiveram perdidas na selva amazônica

    Desenho entregue a oficiais do exército colombiano pela pequena Soleiny, 9.
    Desenho entregue a oficiais do exército colombiano pela pequena Soleiny, 9. Reprodução/Fuerzas Militares de Colombia

    Da CNN

    As crianças resgatadas na selva amazônia na Colômbia entregaram a oficiais do exército colombiano desenhos sobre o cão Wilson, um pastor belga de seis anos que fazia parte da operação de resgate, mas acabou se perdendo.

    “Enquanto nosso Comandante, General Giraldo, visitava e recebia um relatório sobre a evolução de saúde dos pequenos que estão se recuperando no Hospital Militar Central, Lesly e Soleiny lhe entregaram alguns desenhos que haviam feito para o amigo de Wilson”, escreveram as Forças Militares da Colômbia nas redes sociais.

    “Este desenho representa a esperança de todo um país e a persistência das Forças Militares da Colômbia que se mantém até encontrar Wilson”, acrescentaram.

    As quatro crianças – Lesly Jacobombaire Mucutuy, 13, Soleiny Jacobombaire Mucutuy, 9, Tien Ranoque Mucutuy, 4, e a bebê Cristin Ranoque Mucutuy – estão se recuperando em um hospital na capital colombiana após terem sido transferidos para lá no sábado (10) em voo da ambulância da Força Aérea Colombiana, informaram as autoridades.

    Os pequenos foram resgatados na sexta-feira (9), 40 dias depois do monomotor em que elas viajavam cair na selva. A aeronave com sete ocupantes declarou emergência na manhã de 1º de maio, devido a uma aparente falha no motor.

    Os três adultos que estavam no avião, incluindo o piloto, morreram e seus corpos foram encontrados dentro do avião, enquanto os menores, de 13, 9 e 4 anos, bem como a bebê de um ano, sobreviveram ao impacto.

    Buscas por Wilson

    Acredita-se que Wilson possa ter acompanhado as crianças em algum momento durante o período em que estiveram perdidas na selva.

    “No desenvolvimento da #OperaciónEsperanza, o cachorro Wilson, da raça pastor belga, de seis anos, desapareceu durante as buscas realizadas pelas Células Combinadas de Busca nas selvas de #Caquetá e #Guaviare para encontrar os quatro menores”, informaram as Forças Armadas da Colômbia em sua conta no Twitter em 8 de junho.

    O presidente colombiano, Gustavo Petro, comentou sobre o cachorro desaparecido. “O que não apareceu é o cão, que em algum momento esteve com eles”, disse na sexta-feira (9).

    “Na verdade, em algum momento eles encontraram o cachorro, eles se defenderam. É o aprendizado deles, das famílias indígenas, o aprendizado deles de viver na selva é o que os salvou”, acrescentou Petro.

    (Publicado por Lucas Schroeder, com informações de Rocio Muñoz-Ledo e Sol Amaya)