Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Donald Trump diz que Netanyahu não estava preparado para ataque do Hamas

    Em seguida, ex-presidente dos Estados Unidos foi criticado pelo rival Ron DeSantis, governador da Flórida

    Nathan LayneRami Ayyubda Reuters

    O ex-presidente dos Estados Unidos Donald Trump criticou na quarta-feira (11) o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, pelo que classificou como falta de preparo para o ataque do Hamas, que matou ao menos 1.200 pessoas em Israel até o momento.

    Em declarações à Fox News, Trump, favorito a ser o candidato às eleições presidenciais dos EUA em 2024 pelo Partido Republicano, disse que Netanyahu “foi gravemente ferido” com o ataque.

    Veja também — Biden dá recado ao Irã: Tomem cuidado

    “Ele não estava preparado. Ele não estava preparado e Israel não estava preparado. E, sob Trump, eles não teriam que estar preparados”, alegou.

    Falando aos apoiadores na Flórida ainda na noite de quarta-feira, Trump comentou novamente sobre a preparação da segurança israelense, apontando para “algumas das coisas que deram errado na última semana”.

    Trump acrescentou: “Eles têm de resolver as coisas, porque estão lutando potencialmente contra uma força muito grande, estão lutando potencialmente com o Irã”.

    Os comentários do empresário foram feitos em um momento em que Israel ainda contabiliza os mortos e tenta se recuperar de um dos ataques mais devastadores da sua história. O país contra-atacou com ataques aéreos a Gaza, que mataram ao menos 1.200 palestinos até o momento.

    Um dos oponentes de Trump na disputa republicana, o governador da Flórida, Ron DeSantis, criticou o ex-presidente pelos comentários.

    “[É] um absurdo que alguém, muito menos alguém concorrendo à Presidência, escolha agora atacar nosso amigo e aliado, Israel”, escreveu DeSantis nas redes sociais.

    Trump e Netanyahu tiveram uma relação estreita durante o período em que o americano foi presidente, embora tenham surgido desentendimentos no relacionamento.