Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Espanhola que sobreviveu a três guerras e duas pandemias é a pessoa mais velha do mundo, segundo o Guinness

    O título foi concedido após a morte da freira francesa Lucile Randon, de 118 anos, falecida em 17 de janeiro; "Estou velha, muito velha, mas não sou idiota", diz a biografia de María Branyas Morera no Twitter

    María Branyas Morera, a pessoa mais velha do mundo.
    María Branyas Morera, a pessoa mais velha do mundo. Twitter/Branyas Family

    Arnaud Siadda CNN

    María Branyas Morera tem 115 anos e 328 dias e agora é confirmada como a pessoa viva mais velha do mundo, segundo um comunicado de imprensa do Guinness World Records divulgado na quinta-feira (26).

    O título foi concedido após a morte da freira francesa Lucile Randon, de 118 anos, falecida em 17 de janeiro.

    “Estou velha, muito velha, mas não sou idiota”, diz a biografia de María Branyas Morera no Twitter.

    Em uma série de tweets em catalão no sábado (21), María Branyas Morera disse estar “surpresa e grata” pelo interesse gerado em se tornar a pessoa viva mais velha do mundo, mas que os últimos dias foram “estressantes” e que ela não daria mais entrevistas.

    “Preciso de paz e sossego. (…) Moro na Residência Tura há 22 anos e não quero que o dia a dia dos residentes ou dos funcionários que nos atendem mude”, tuitou.

    De acordo com o Guinness World Records, María Branyas Morera nasceu em San Francisco, Califórnia, em 4 de março de 1907, um ano depois que seus pais imigraram para o país. Oito anos depois, eles decidiram voltar para a Espanha, onde se estabeleceram na Catalunha.

    Maria chamou a região de lar desde então. Ele mora na mesma casa de repouso – a Residencia Santa María del Tura – há 22 anos.

    “Ela está bem de saúde e continua surpresa e grata pela atenção que este aniversário gerou”, disse a casa em um comunicado na quinta-feira.

    María  sobreviveu às Guerras Mundiais, à Guerra Civil Espanhola, à pandemia de gripe espanhola e à Covid-19.

    O Guinness World Records diz que ela contraiu o vírus algumas semanas depois de comemorar seu 113º aniversário, mas se recuperou totalmente em poucos dias.

    Maria tem três filhos, 11 netos e 13 bisnetos.

    Este conteúdo foi criado originalmente em espanhol.

    versão original