Estados Unidos concluem retirada de diplomatas de Cabul

O país afirma que também está ajudando na retirada de cidadãos americanos e aliados afegãos

Militar do Afeganistão vigia embaixada dos Estados Unidos em Cabul
Militar do Afeganistão vigia embaixada dos Estados Unidos em Cabul Foto: Reuters

Da CNN

Ouvir notícia

O porta-voz do Departamento de Estado dos EUA, Ned Price, disse nesta terça-feira (17) que os Estados Unidos concluíram a retirada de pessoal da embaixada da capital afegã, Cabul, no Afeganistão, e que o grupo restante está ajudando na retirada de cidadãos americanos e aliados afegãos.

O ex-embaixador dos EUA no Afeganistão John Bass também está indo a Cabul para ajudar na retirada, disse Price durante uma coletiva de imprensa no Departamento de Estado.

Tropas norte-americanas

Os Estados Unidos enviaram cerca de 3 mil militares ao Afeganistão na última semana, com o objetivo de retirar diplomatas americanos do país. 

A informação foi confirmada à CNN por uma fonte do Departamento de Defesa dos Estados Unidos, que na ocasião afirmou que a preocupação da Casa Branca e do Pentágono era deixar no Afeganistão apenas funcionários essenciais do governo americano. 

A decisão foi tomada diante do rápido avanço do Talibã em províncias que antes contavam com o apoio dos militares dos Estados Unidos. Os batalhões ficaram cerca de 20 anos no país e começaram a ser retirados do Afeganistão durante o governo de Barack Obama. 

No último domingo (15), o Talibã entrou em Cabul, capital do Afeganistão, e assumiu o controle após o presidente deixar o país.

(Com informações da Reuters)


(Publicado por Sinara Peixoto)

Mais Recentes da CNN