Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    “Estamos fazendo tudo o que podemos” para libertar reféns, diz Netanyahu à CNN

    Premiê israelense enfatizou que o único cessar-fogo a ser considerado é aquele que inclua a soltura dos sequestrados pelo Hamas

    Aramachi Orleda CNN

    O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, afirmou à CNN neste domingo (12) que Israel está “fazendo tudo o que pode, 24 horas por dia” para libertar seus mais de 200 reféns do Hamas.

    “Este é um dos nossos dois objetivos na guerra. Um é destruir o Hamas e o outro é trazer de volta os nossos reféns”, disse Netanyahu.

    Questionado sobre o que ele diria para as famílias que tiveram entes sequestrados pelo grupo radical islâmico e estão frustradas, o premiê respondeu: “É compreensível. Eles estão sob uma tremenda angústia. Eles estão simplesmente sob tortura.”

    “Estamos fazendo tudo o que podemos, 24 horas por dia, e não posso, você sabe, falar sobre isso.”

    “Eu me encontrei pessoalmente com famílias de reféns várias vezes e isso dilacera o coração”, acrescentou.

    Netanyahu declarou ainda que “o mundo inteiro deveria se juntar a nós” na tentativa de libertar os reféns, completando que o único cessar-fogo que será considerado “é aquele em que libertamos os nossos reféns”.

    Veja também – Brasileiros que saíram de Gaza registram momento que cruzam fronteira com Egito

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original