Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Israel assume responsabilidade pela morte de comandante do Hezbollah no Líbano

    Ministro das Relações Exteriores israelense pontuou que "isso faz parte da nossa guerra"

    Da CNN

    Israel assumiu a responsabilidade pela morte de um alto comandante do Hezbollah, afirmou o ministro das Relações Exteriores de Israel, Israel Katz, em entrevista ao Canal 14 nesta segunda-feira (8).

    Wissam Tawil, comandante sênior das forças Radwan do Hezbollah, foi morto por um ataque de drone israelense enquanto estava em seu carro no sul do Líbano, uma fonte de segurança libanesa confirmou anteriormente à CNN.

    “Quanto ao ataque ao sul do Líbano, assumimos a responsabilidade”, pontuou Katz na entrevista, “isto faz parte da nossa guerra”.

    “Temos como alvo os integrantes do Hezbollah, sua infraestrutura, os sistemas que eles conseguiram implementar para dissuadir Israel”, advertiu Katz, ressaltando que Israel está fazendo o Hezbollah “pagar um preço”.

    “Não estabelecemos uma meta para impedir 150 mil mísseis. Estabelecemos o objetivo de restaurar a segurança dos residentes do norte, de restaurar a segurança dos residentes do sul e do Estado de Israel”, colocou.

    O ministro também reiterou que Israel não assumiu a responsabilidade pela explosão da semana passada no sul de Beirute, que matou o vice-chefe do gabinete político do Hamas, Saleh Al-Arouri.