Israel entrega 2.000 vacinas contra a Covid-19 às autoridades palestinas

Ação faz parte de uma transferência planejada de um total de 5 mil vacinas acertada no final da semana passada

Israel enviou lotes de vacinas para as autoridades palestinas
Israel enviou lotes de vacinas para as autoridades palestinas Foto: Reuters

Sam Kiley da Abeer Salman, da CNN

Ouvir notícia

 

O Ministério da Defesa de Israel diz que coordenou a passagem de 2.000 doses da vacina da Moderna para a Autoridade Palestina para uso por médicos.

O ministério disse que as doses eram do estoque de vacinas de Israel e que a transferência ocorreu na manhã desta segunda-feira (1º).

A ação faz parte de uma transferência planejada de 5 mil vacinas acertada no final da semana passada.

O porta-voz do governo da Autoridade Palestina, Ibrahim Melhem, confirmou o recebimento das doses e disse à CNN que os 3.000 restantes são esperados nos próximos dias.

A notícia vem várias semanas depois que a Organização Mundial da Saúde (OMS) disse que teve discussões informais com o Ministério da Saúde de Israel sobre uma possível transferência em meio a críticas de que Israel não estava incluindo palestinos na Cisjordânia e Gaza em seu programa de vacinação recorde.

Israel rejeitou veementemente as alegações de que o direito internacional significa que ele é responsável pela vacinação dos palestinos nos territórios ocupados, apontando, em vez disso, para os Acordos de Oslo, assinados com os palestinos na década de 1990, que atribuem a responsabilidade pela prestação de cuidados de saúde à Autoridade Palestina.

 

Mais Recentes da CNN