Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Não há plano para enviar treinadores militares para Ucrânia, diz general dos EUA

    General CQ Brown está confiante de que a Ucrânia não estava usando armas americanas dentro da Rússia

    Não há planos para enviar treinadores dos EUA para a Ucrânia, diz general dos EUA
    Não há planos para enviar treinadores dos EUA para a Ucrânia, diz general dos EUA UNRESTRICTED POOL

    Da Reuters

    Os Estados Unidos não planejam enviar treinadores militares para a Ucrânia, disse o principal general dos EUA nesta segunda-feira (20).

    O presidente do Estado-Maior Conjunto, General CQ Brown, também disse à mídia que estava confiante de que a Ucrânia não estava usando armas dos EUA dentro da Rússia.

    “Temos sido claros sobre fornecer à Ucrânia a capacidade de defender o seu território soberano. E, novamente, a dinâmica de um combate aéreo, deixo isso para os especialistas, mas certamente, você sabe, nossa expectativa é que eles continuem usando as armas que fornecemos em alvos dentro da Ucrânia. Agora, a dinâmica aérea é um pouco diferente. Não quero especular sobre ninguém ou qualquer tipo de envolvimento aqui no pódio.”, acrescenta.

    Ucrânia pede por mais apoio

    Há meses a Ucrânia pede por mais apoio à comunidade internacional no país. 

    O principal comandante da Ucrânia alertou na sexta-feira (17) sobre “batalhas pesadas” que se aproximam no novo front de guerra na região de Kharkiv, nordeste do país, enquanto o presidente russo, Vladimir Putin, disse que Moscou estava criando uma “zona de proteção” na área.

    Já em comunicado divulgado na quinta-feira (16), o Estado-Maior ucraniano alertou que a Rússia estava fazendo os ataques mais intensos perto das cidades de Pokrovsk e Kramatorsk, na região oriental de Donetsk, onde a ofensiva russa tem sido implacável há meses.