Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Netanyahu rejeita exigência do Hamas de acabar com a guerra em troca de reféns

    Primeiro-ministro israelense acusa grupo palestino de dificultar negociações por cessar-fogo

    Benjamin Netanyahu em Tel Aviv
    Benjamin Netanyahu em Tel Aviv 7/1/2024 REUTERS/Ronen Zvulun

    Michael SchwartzHamdi Alkhshalida CNN

    O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, manifestou forte oposição às exigências feitas por Yahya Sinwar, líder do Hamas, nas negociações em curso para a libertação de reféns.

    “Enquanto o primeiro-ministro Netanyahu deu repetidas vezes à equipe de negociação uma extensa ordem para libertar os nossos reféns, Sinwar continua a exigir o fim da guerra, a retirada das Forças de Defesa de Israel da Faixa de Gaza e que o Hamas continue intacto, para que possa repetir as atrocidades de 7 de outubro”, afirmou o gabinete do primeiro-ministro israelense.

    “O primeiro-ministro Netanyahu opõe-se fortemente a isto. As instruções da equipe de negociação apenas endurecem a posição do Hamas, prejudicam as famílias e atrasam a libertação dos nossos reféns.”

    Os comentários de Netanyahu foram feitos antes da reunião do gabinete de guerra deste domingo (26), que está em andamento.

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original