Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Polícia russa encontra perucas, armas e dinheiro em sede do chefe do Grupo Wagner; veja imagens

    Televisão estatal compartilhou vídeos da batida policial nas instalações de Yevgeny Prigozhin

    Polícia encontrou perucas, armas e montantes de dinheiro na instação de Yevgeny Prigozhin em São Petesburgo
    Polícia encontrou perucas, armas e montantes de dinheiro na instação de Yevgeny Prigozhin em São Petesburgo Vesti/Telegram

    Da CNN

    A televisão estatal russa parece ter lançado uma campanha difamando Yevgeny Prigozhin, o fundador da empresa militar privada Wagner.

    As operações do grupo na Ucrânia eram, até recentemente, destacadas na TV estatal, especialmente após a captura de Bakhmut, que foi um raro ganho russo na Ucrânia nos últimos meses. No entanto, tudo isso mudou após o curto motim de Wagner no mês passado.

    Um longo segmento transmitido pela televisão estatal detalhou o passado criminoso de Prigozhin, incluindo acusações de roubo e agressão e uma longa sentença em uma colônia penal na década de 1980.

    Nesta quinta-feira (6), a mídia estatal russa publicou um vídeo de uma suposta batida policial no escritório e residência de Yevgeny Prigozhin em São Petersburgo, intensificando essa aparente campanha de propaganda contra o chefe mercenário do grupo Wagner.

    A filmagem – descrita pelos apresentadores como “escandalosa” – mostra o que seria um estoque de ouro, dinheiro e perucas, junto com armas e vários passaportes aparentemente pertencentes a Prigozhin sob diferentes pseudônimos.

    Eles disseram ainda que “pacotes suspeitos” foram encontrados durante a busca nas instalações de Prigozhin em São Petersburgo, insinuando que podem ser drogas.

    Em um segmento separado, o Russia 24 exibiu um vídeo da polícia invadindo seu escritório e várias fotos de uma casa ricamente decorada onde um guarda-roupa cheio de perucas de cores diferentes pode ser visto.

    A televisão estatal russa costuma transmitir imagens dramáticas do que é descrito como incursões dos serviços de segurança e planos terroristas frustrados.

    Especialistas e defensores dos direitos humanos dizem que as autoridades russas têm um padrão de fabricar processos criminais contra os adversários políticos do Kremlin.

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original