Por causa da Covid-19, Bélgica prolonga lockdown até o dia 1º de abril

Bares e restaurantes, que estão fechados desde outubro passado, permanecerão assim, como outras instalações comuns

Governo belga prolomgou lockdown no país, por causa da pandemia de Covid-19
Governo belga prolomgou lockdown no país, por causa da pandemia de Covid-19 Foto: Phil Noble/Reuters

James Frater, da CNN

Ouvir notícia

As medidas de bloqueio por causa da Covid-19 na Bélgica foram estendidas até 1º de abril, mas algumas restrições serão relaxadas a partir de 13 de fevereiro, anunciou o primeiro-ministro em entrevista coletiva nesta sexta-feira (5).

Cabeleireiros poderão reabrir em 13 de fevereiro sob condições estritas, e outras profissões não médicas, como esteticistas e tatuadores, podem reabrir a partir de 1º de março. Bares e restaurantes, que estão fechados desde outubro passado, permanecerão assim, como outras instalações comuns.

“A situação do coronavírus em nosso país está bastante estável desde o início de dezembro, vimos que as internações estão diminuindo e o número de óbitos está diminuindo. Mas, por outro lado, vemos que o número de infecções confirmadas continua aproximadamente no mesmo nível ”, disse o primeiro-ministro belga Alexander De Croo.

De Croo atribuiu a estabilidade nos casos às pessoas que seguem as regras, e disse que eles terão que ser “particularmente cuidadosos com a situação” se as medidas forem relaxadas.

“Pedimos aos especialistas que traçassem um caminho claro, levando em consideração não só o número de infecções, hospitalizações e mortes, mas também o estado das vacinações, em particular dos grupos vulneráveis”, acrescentou De Croo.

As autoridades belgas esclareceram em um comunicado que, embora a prorrogação pudesse estar em vigor até 1º de abril, “não significa que nenhuma decisão ou revisão provisória seja possível”.

Mais Recentes da CNN