Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Príncipe Harry se ausenta no tribunal e vai depor na terça-feira 

    Ele é uma das mais de 100 personalidades que processam editora de tabloides por suposta invasão de telefones e outros comportamentos ilegais entre 1991 e 2011; ausência surpreendeu juiz responsável pelo caso

    Príncipe Harry em Londres; ele é uma das 100 celebridades que processaram os tablóides britânicos
    Príncipe Harry em Londres; ele é uma das 100 celebridades que processaram os tablóides britânicos 28/03/2023REUTERS/Hannah McKay

    Da Reuters Londres

    O príncipe Harry não compareceu nesta segunda-feira (5) na Alta Corte de Londres, onde está processando uma editora de um tabloide britânico, com o juiz dizendo que ficou surpreso com a ausência e um advogado dos jornais chamando a falta de “extraordinária”. 

    Harry, o filho mais novo do rei Charles III, enfrentará horas de interrogatório no banco das testemunhas na terça-feira (6), tornando-se o primeiro membro da realeza britânica a depor em tribunal em 130 anos. 

    Ele é uma das mais de 100 outras personalidades que estão processando o Mirror Group Newspapers (MGN), editora de Daily Mirror, Sunday Mirror e Sunday People, por suposta invasão de telefones e outros comportamentos ilegais entre 1991 e 2011.

     

    O julgamento começou no mês passado, quando os advogados que representam Harry e três outros requerentes tentaram provar que a coleta ilegal de informações foi realizada com o conhecimento e a aprovação de editores e executivos seniores. 

    As alegações de Harry são o foco do julgamento esta semana, e o príncipe deveria comparecer nesta segunda-feira. 

    Seu advogado, David Sherborne, disse ao juiz, Timothy Fancourt, que Harry viajou de sua casa em Los Angeles na noite de domingo, depois de participar do segundo aniversário de sua filha Lilibet, mas não estava disponível para depor na segunda-feira. 

    O juiz disse ter ficado “surpreso” com a ausência, enquanto o advogado do MGN, Andrew Green, afirmou que era “absolutamente extraordinário” que o príncipe não estivesse presente na segunda-feira e acusou a equipe jurídica de Harry de desperdiçar o tempo do tribunal. 

    Green busca questionar Harry por mais de um dia sobre 33 artigos que o príncipe diz serem baseados em material obtido ilegalmente. 

    (Reportagem de Sam Tobin e Michael Holden)