Transmissão comunitária de Covid-19 dispara nos EUA

Principais motivos da alta são a variante Delta e resistência à vacinação

Marcelo Favalli, da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

A transmissão comunitária da Covid-19 voltou a crescer nos Estados Unidos. Entre 5 de julho e 9 de agosto, ocorreu um aumento de 79%.

A transmissão comunitária é a ocorrência de casos sem vínculo a um caso confirmado em área definida. Por isso, não é possível rastrear qual a origem da infecção, indicando que o vírus circula entre as pessoas.

Na primeira data, 457 condados estavam com um índice alto de transmissão. Já na segunda, esse número aumentou para 2.361. De acordo com o portal Our World In Data, desde junho há um aumento de novos casos da doença no país. A alta se deve à variante Delta e a pessoas que ainda não se vacinaram. 

Pais se recusam a vacinar os filhos no país

A vacinação nos Estados Unidos, já disponível para todos, enfrenta uma enorme resistência de grupos negacionistas. Uma pesquisa revelou que um quinto dos pais disse que não vacinarão os filhos contra a doença.

Os dados dizem respeito apenas a pais com filhos em idades autorizadas a receberem algum imunizante, ou seja, a partir dos 12 anos.

Média diária de novos casos  de Covid-19 saltou de 12 mil para 52 mil nos EUA
EUA teve crescimento na transmissão comunitária da Covid-19 (26.jul.2021)
Foto: Reprodução / CNN

 

Mais Recentes da CNN