Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Ucrânia pede à Rússia que “pare com os jogos vorazes” por desistência do acordo de grãos

    Rússia culpou ataques de drones na cidade de Sebastopol, na Crimeia pra suspender tratado

    Ucrânia alertou sobre os planos da Rússia de arruinar a Iniciativa de Grãos do Mar Negro
    Ucrânia alertou sobre os planos da Rússia de arruinar a Iniciativa de Grãos do Mar Negro Metin Aktas/Anadolu Agency via Getty Images

    Allegra GoodwinDennis Lapin e Yulia Kesaievada CNN Londres e Kiev

    O ministro das Relações Exteriores da Ucrânia reuniu outros países para exigir que a Rússia “pare com seus jogos vorazes” depois que Moscou desistiu de um acordo de exportação de grãos mediado pela ONU no sábado.

    A Rússia citou ataques de drones na cidade de Sebastopol, na Crimeia, como motivo para suspender indefinidamente o acordo, culpando os ataques a Kyiv.

    “Nós alertamos sobre os planos da Rússia de arruinar a Iniciativa de Grãos do Mar Negro. Agora Moscou usa um falso pretexto para bloquear o corredor de grãos que garante a segurança alimentar para milhões de pessoas”, tuitou o ministro das Relações Exteriores, Dmytro Kuleba.

    O Ministério da Infraestrutura da Ucrânia disse que seis navios contendo 180.000 toneladas de produtos agrícolas deixaram os portos do país na sexta-feira, com destino à África, Ásia e Europa. Isso incluiu o graneleiro LINA, que continha 25.000 toneladas de milho para o Egito, disse o ministério em comunicado.

    Ele acrescentou que 403 navios contendo 9,1 milhões de toneladas de produtos para a Ásia, Europa e África deixaram os portos ucranianos desde que o acordo foi negociado em julho.