Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    União Europeia adota novo pacote de sanções contra a Rússia

    Medidas são aplicadas por causa da invasão da Ucrânia por parte do Kremlin; novas punições atingem transações com diamantes e petróleo

    Bandeira russa sobre o muro do Kremlin, sede do governo
    Bandeira russa sobre o muro do Kremlin, sede do governo Getty Images

    Da Reuters*

    O Conselho da União Europeia adotou o 12º pacote de sanções contra a Rússia, disse a Comissão Europeia em comunicado nesta segunda-feira (18), depois que a Áustria deu sua aprovação final no fim de semana.

    O pacote se concentra na imposição de proibições adicionais de importação e exportação à Rússia, combatendo a evasão de sanções e fechando brechas, disse.

    Entre outras medidas, o 12º pacote impõe a proibição da importação direta e indireta, compra ou transferência de diamantes da Rússia e introduz uma nova proibição de importação de gás liquefeito de petróleo (GLP) que afetaria as importações anuais no valor de 1 bilhão de euros (R$ 4,9 bilhões), de acordo com a União Europeia.

    O pacote também acrescentou 140 indivíduos e entidades adicionais como sujeitos a congelamentos de ativos, incluindo atores da indústria militar e de defesa russa, empresas militares privadas e inclui atores do setor de TI.

    Enquanto o Conselho Europeu anunciou a adoção do pacote na semana passada, a Áustria não deu sua aprovação formal até que seu grande banco Raiffeisen fosse retirado de uma lista ucraniana apelidada de “patrocinadores internacionais da guerra“.

    A lista ucraniana removeu temporariamente o banco que aguardava discussões com a Comissão Europeia. A Comissão se recusou a comentar o assunto na segunda-feira (18).

    Da mesma forma, a Hungria e a Grécia adiaram o anterior pacote de sanções para que algumas das suas empresas fossem retiradas da lista também. Duas companhias de navegação gregas ainda estão na fase de suspensão no site.

    *Reportagem de Geert De Clercq e Julia Payne, edição de Charlotte Van Campenhout e Alison Williams